PUBLICIDADE

Topo

Sexo

Como se usa esses brinquedos eróticos? Tiramos dúvidas para aumentar prazer

iStock
Imagem: iStock

Elisa Soupin

Colaboração para Universa

02/07/2020 04h00

O Instagram está vivendo uma tendência. Todo dia há uma nova página do tipo: Você é uma pepeca , Você é uma lhama, Você é um gato. A brincadeira está relacionada a uma variedade de animais, partes de corpo e objetos a nomes. E tudo ia bem até que esbarrei na conta que relaciona pessoas a sex toys e, ao ver meu nome grudado a um deles, percebi que não fazia a mais remota ideia de como usar aquele apetrecho que levava meu nome.

Além disso, percebi que certamente não passaria em um teste para explicar o funcionamento de vários dos outros sex toys —primeiro duvidei que existissem, depois achei que eram instrumentos para outras funções, tipo removedores de cravo.

Fui, então, atrás de respostas e me surpreendi. Para começar, dou a resposta para o uso do objeto que leva meu nome na brincadeira: é uma bomba vaginal com cerdas estimuladoras.

"Ela cria um vácuo nos grandes lábios através da sucção da bombinha manual e ao mesmo tempo vibra pela ação do bullet que vai no corpo do coelhinho. As orelhinhas do coelho se encaixam ao redor do clitóris e também recebem a vibração do bullet, promovendo uma estimulação total da vulva", explica Julianna Santos, educadora sexual da plataforma de cursos, informações e vendas de produtos Mercado Erótico.

Esse aí de cima é para os praticantes de BDSM. "É um cinto de castidade masculino de metal muito usado em cenas de submissão e em jogos BDSM como forma de controle e punição do submisso. Vale lembrar que esse tipo de artigo só pode ser usado em práticas consensuais e com muito treino", ressalta.

O ferro ali no meio é encaixado na uretra. Dessa forma, além de provocar dor, não permite urinar nem ejacular.

Bastante específico, esse da imagem acima é uma mordaça gag, e também faz parte do universo de sex toys destinados a quem pratica BDSM. O osso fica no meio dos dentes e lábios. "É usada em cenas de pet play, uma modalidade do BDSM onde o fetiche é representar um animal. A função da gag é imobilizar a boca, travando os dentes, os lábios e a língua", explica a educadora.

Esse batizado nas redes com o nome de Camila apresenta uma característica multiuso. "É um vibrador com estimulação simultânea do clitóris ou do ânus. Enquanto a prótese peniana é usada para penetrar o canal vaginal ou mesmo o ânus. A outra extremidade com as orelhinhas pode estimular o clitóris se a prótese está no canal vaginal, ou a vulva, quando a prótese está no canal anal."

Este apetrecho que foi associado nas redes ao nome Gabriel se trata de uma capa peniana, prazerosa para quem usa, mas também potente para quem for penetrado.

"Esse modelo é um pouco diferente das outras capas por ter vários anéis. É bem elástica, então também comprime de leve a base e o corpo do pênis, o que pode ajudar a manter a ereção por mais tempo. A pessoa que for penetrada por quem estiver usando a capa tem uma sensação mais potente, pois é estimulada com diferentes texturas", explica a especialista.

Lilian, aí em cima, parece muito promissora no quesito uso em dupla. É um vibrador de ponta dupla que permite vários tipos de estimulações simultâneas. Ele pode ser usado para massagear as zonas erógenas e o corpo do pênis. "É bom para duas mulheres, já que estimula o canal vaginal e o clitóris, ou o canal vaginal e a entrada do ânus", diz ela.

Já o brinquedinho erótico que ganhou o nome de Vinícius simula o sexo oral. "Esse estimulador tem essas 'linguinhas', que tremem e trazem a vibração do sexo oral", explica Julianna.

Já Caio é quase familiar para quem pratica pilates. "A bola de pilates com pênis é uma nova forma de estimulação, que treina o equilíbrio e os ângulos de penetração. Tem sido um dos melhores sex toys para as pessoas que gostam de sentar sendo penetradas", conta Julianna.

A alça permite brincadeiras, como simular uma cavalgada. Os modelos anteriores eram grandes e de difícil transporte. A bola, por ser inflável, pode ser levada a qualquer lugar e de forma mais discreta, explica Julianna. O produto promete resistência, flexibilidade e diversão.

Sexo