PUBLICIDADE

Topo

Alice Wegmann pede feminismo mais plural: 'Agir contra os preconceitos'

De Universa, em São Paulo

02/04/2020 12h02

Alice Wegmann pleiteia um modelo de feminismo que seja mais inclusivo e abrace todas as mulheres.

"É muito raso a gente pensar num feminismo que não abraça todas as mulheres. Precisamos ouvir umas as outras, ler autoras negras, trans... É pensar o plural e agir efetivamente contra os preconceitos", defendeu Alice, capa da Glamour deste mês.

A atriz costumeiramente fala sobre feminismo nas redes sociais e reivindica o direito de livre manifestação do artista. "A arte está ligada à política", esclareceu.

"Recebo mensagens dizendo que não deveria me posicionar, porque sou atriz. Mas, antes de atriz, sou cidadã, tenho direito de me colocar, de ter opinião, de pensar", relatou.

Direitos da mulher