PUBLICIDADE

Topo

Jovem viraliza com carta se assumindo gay para os pais: 'Só quero apoio'

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

02/03/2020 17h47

Thiago chamou a atenção, não só dos seus quatro mil seguidores, como também de mais de 26 mil pessoas, ao compartilhar a carta destinada aos seus pais em que se assume gay.

No texto, deixado por ele dentro de um envelope com o aviso: "pai e mãe, juro que não é coisa ruim", o jovem faz um desabafo em que pede pelo apoio dos dois.

"Antes de começar essa carta, só peço para quando lerem não me acordarem, eu quero dormir e provavelmente preciso dormir porque não vou conseguir dormir direito pensando na reação de vocês lendo isso. Eu não queria precisar dizer isso por uma carta. Eu realmente pensei muito sobre isso, mas foi a maneira que eu encontrei. Se pudesse, eu falaria isso cara a cara", inicia ele.

"Eu não quero que vocês fiquem decepcionados ou algo do tipo, porque eu não saberia o que fazer se isso acontecesse, mas enfim, eu sou gay. Provavelmente vocês já tinham alguma ideia disso, eu acho. Eu não quero que vocês mudem a maneira de agir comigo, porque eu continuo sendo a mesma pessoa. A única coisa que eu realmente vou pedir é apoio, só isso".

Ao longo da carta, Thiago revela estar em um relacionamento com outro menino, motivo que o levou a se abrir.

"Eu venho tentando contar isso para vocês desde 2016, mas agora chegou em um ponto que eu precisava falar porque isso tá me matando por dentro. O motivo é porque eu to namorando já tem 1 ano, me desculpem por demorar tanto para falar para vocês, mas foi algo difícil para mim ter que fazer isso, porque não é algo que vocês estavam esperando e nem que é fácil de falar".

O jovem conclui o desabafo com um pedido de desculpas, pela forma com que falou sobre o assunto, e uma mensagem: "eu não escolheria passar por esse momento, mas eu não posso mudar isso nem o que eu sou".

"Eu deixo vocês conversarem comigo no almoço ou algum outro momento do dia, mas esse momento de manhã quero usar para dormir. Se não for pedir muito, eu queria que vocês assistissem 'Love, Simon' comigo, para vocês entenderem como me senti. E por fim, me desculpem novamente. Não era meu plano ter que falar isso por carta. Se eu tivesse a oportunidade, eu não escolheria passar por esse momento, mas eu não posso mudar isso nem o que eu sou. Eu amo vocês".

Depois de alcançar milhares de curtidas, Thiago voltou ao Twitter para contar o desfecho da história.

"Minha mãe chegou em mim, disse que leu a carta e que me ama do mesmo jeito, me abraçou e começou a chorar meu pai falou a mesma coisa, que me ama do mesmo jeito e que sempre vai me apoiar em tudo, e que os dois já sabiam mas que não queriam me forçar a falar e que só estavam esperando minha iniciativa".

"Depois ficamos conversando, eles falaram que se preocupam comigo porque sabem como as pessoas são cruéis quando querem, e me aconselharam a não falar nada para os meus avós porque eles são velhos e ainda têm a cabeça antiga e provavelmente não teria uma reação boa".

Diversidade