PUBLICIDADE

Topo

James Franco diz que denúncias de assédio de ex-alunas são 'lascivas'

James Franco - Getty Images
James Franco Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

02/03/2020 18h38

Em sua defesa no processo que responde por má conduta sexual, o ator James Franco alega que as denúncias de assédio sexual feitas por duas alunas são "lascivas" e que elas estavam "sedentas de atenção".

Sarah Tither-Kaplan e Toni Gaal entraram com um processo contra Franco em outubro do ano passado.

"Esse processo é uma farsa da justiça e o ponto culminante de uma campanha sem mérito que manchou injustamente a reputação conquistada por um homem decente", diz a defesa de Franco.

As ex-alunas da escola de teatro de Franco já haviam exposto o caso em janeiro de 2018 em um artigo para o jornal Los Angeles Times.

Elas contaram no artigo que elas eram exploradas sexualmente por Franco e seus amigos. "Sinto que houve um abuso de poder e que havia uma cultura de explorar mulheres que não eram celebridades e uma cultura de mulheres substituíveis", contou Tither-Kaplan no artigo.

A defesa do ator argumenta que "Franco está fazendo o que é melhor para ele: negando com força as acusações escandalosas e falsas, mas apoiando o direito de seus acusadores ao dia no tribunal".

Direitos da mulher