Topo

Professora adota aluno com Síndrome de Down após mãe morrer de câncer

Da Universa, em São Paulo

22/11/2019 11h54

Kerry Bremer é uma professora de Massachusetts, nos Estados Unidos. Ela dá aula para alunos com necessidades especiais e, em 2015, conheceu Jean Manning e seu filho, Jake, um menino com Síndrome de Down. Na época, Jean já lutava contra um câncer de mama, o que deixou Kerry preocupada.

"Eu me apaixonei instantaneamente por ele, e o estado de saúde dela piorou naquele ano, foi quando eu pensei, 'o que ela vai fazer?'", contou Bremer à CNN. Mãe de três filhos, a professora deixou o instinto materno falar mais alto e chamou Kate para uma conversa de "mãe pra mãe". "Se você precisar de um plano de emergência para o Jake, estamos felizes em torná-lo parte da nossa família. Ela respondeu, 'vou dormir melhor essa noite do que tenho dormido em muito tempo'."

Na mesma conversa, Kerry deixou claro que não queria se precipitar, mas se ofereceu para ter a guarda de Jake, que nos anos seguintes começou a passar os finais de semana e feriados com a família Bremer. Além de Kate, seu marido, Dave, e as crianças - Kaitlyn, Kristen and Jonathan -, rapidamente se apaixonaram pelo garoto.

No dia 13 de novembro desse ano, Jean Manning morreu e Jake, agora com 14 anos, se mudou em definitivo para a casa de Kerry Bremer, local que já era praticamente seu segundo lar. "Deve ter sido muito difícil para ela [Jean], planejar a própria morte, mas ela realizou um trabalho muito bonito. Ela foi muito corajosa", afirmou Kerry Bremer ao TODAY.

Fofuras