Topo

Transforma

Mulheres protagonizam um mundo em evolução


Millie Bobby Brown discursa na ONU: "Recebo mensagens de ódio e ameaças"

Da Universa, em São Paulo

21/11/2019 15h46

Millie Bobby Brown abriu seu coração durante um discurso inspirador na sede das Nações Unidas, em Nova York, na última quarta-feira (20). Em sua fala na cúpula global, que fazia parte das comemorações do Dia Mundial da Crianças e do trigésimo aniversário da adoção da Convenção sobre os Direitos da Criança, a atriz de 15 anos, mais jovem embaixadora do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), revelou que sofria bullying na escola, solidarizando-se com outros jovens que passam pelo mesmo drama diariamente. Ela pediu para as pessoas terem uma "voz ativa", elogiando as ações de outra adolescente ativista, Greta Thunberg, de 16 anos.

"A escola deveria ser um lugar seguro, agora eu sinto medo de ir. Eu não sabia em quem confiar ou a quem recorrer. Assim como milhões de outras garotas ao redor do mundo, eu também sofri bullying e fui assediada online", afirmou a intérprete de Eleven, de "Stranger Things". "É um sentimento aterrorizante olhar para seu celular e ver que as pessoas estão te mandando mensagens cheias de raiva, ódio e até ameaças."

Millie revelou que não está sozinha na briga para garantir os direitos das crianças. Foi quando falou sobre o ativismo de Greta. "Em setembro, neste mesmo prédio, Greta Thunberg, uma garota de 16 anos, falou para os líderes do mundo uma verdade inconveniente. Ela falou para eles que os adultos do mundo falharam em agir contra as mudanças climáticas. Ela está carregando a mensagem pelo mundo", elogiou a atriz. "Agora a mensagem de Greta está ecoando todas as sextas-feiras, quando milhares de crianças e jovens deixam suas salas de aula para protestar contra a falta de ação do mundo contra as mudanças climáticas."

Antes de finalizar sua fala, Millie Bobby Brown fez um pedido para os jovens do mundo: "Todos vocês podem ser o alto-falante que irá transformar nossas vozes em mudanças reais".

Além da atriz de "Stranger Things", o ex-jogador de futebol britânico David Beckham, outro embaixador da UNICEF, também discursou na ONU.

Bullying no Brasil

Uma pesquisa da UNICEF, feita anonimamente por meio da ferramenta de engajamento de jovens U-Report, apontou que um em cada três jovens em 30 países disse ter sido vítima de bullying online.

No Brasil, 37% dos jovens que responderam à pesquisa disseram já ter sido vítima de cyberbullying. Além disso, 36% dos adolescentes brasileiros informaram já ter faltado à escola após ter sofrido bullying online de colegas de classe, tornando o Brasil o país com a maior porcentagem nesse quesito na pesquisa.

Ainda segundo a UNICEF, as redes sociais foram apontados como o espaço online em que mais ocorrem esse tipo de violência, tendo o Facebook como principal meio.

Transforma