Topo

Mulher que emagreceu 57 kg nos EUA conta como perdeu amigos por estar magra

Nicole Caperilla, personal trainer nos EUA - Facebook
Nicole Caperilla, personal trainer nos EUA Imagem: Facebook

De Universa, em São Paulo

12/11/2019 13h04

Uma mulher que passou de 120 kg para 63 kg, em um período de dois anos, contou ao "Daily Mail" como abandonou seus melhores amigos e se tornou personal trainer após ouvir que ainda não estava perfeita.

Nicole Caperilla, 31, de Connecticut (EUA), sempre esteve acima do peso, desde a infância. Sua dieta consistia em pizzas gordurosas, hambúrgueres e produtos ricos em carboidratos.

Para ajudá-la a perder peso, em junho de 2017, Nicole fez uma cirurgia que remove grande parte do estômago, restringindo as quantidades de alimento que uma pessoa pode comer.

Em apenas duas semanas após sua cirurgia, Nicole começou a se exercitar e a mudar de hábitos alimentares. Ela passou a comer alimentos ricos em proteínas, como carnes magras, frango, peru e peixe. Investia em aveia no café da manhã, batata-doce com vegetais e uma fonte de proteína no almoço, carboidratos complexos e legumes no jantar.

Também começou a se exercitar de cinco a seis vezes na semana.

Em junho de 2018, Nicole chegou aos 63 kg, tendo perdido 57 kg.

Facebook
Imagem: Facebook

Ela disse ao site: "Eu luto com meu peso desde criança, mas me livrei dele. Durante a minha primeira gravidez, ganhei tanto peso e não consegui perdê-lo. Eu tentei todas as dietas e suplementos, e não estava dando certo."

Nicole afirmou que não fazia as melhores escolhas nutricionais e que comia muitos hambúrgueres, pizzas e alimentos processados.

"Acho que eu deixaria essa situação continuar porque não estava colocando minha saúde em primeiro lugar. Trabalhar no turno da noite significava ter terríveis padrões de sono, e era difícil fazer boas escolhas. Eu me tornei uma mãe que fica em casa, e então ficou ainda pior, me colocando em segundo plano."

"Nunca tive energia e estava sempre sem fôlego, mesmo com as menores coisas. Estava no limite de desenvolver diabetes, apneia do sono e tinha pressão alta."

"Um dos momentos mais assustadores para mim foi acordar em pânico, ofegante, porque havia parado de respirar durante o sono."

Nicole disse que, em janeiro de 2017, se surpreendeu com fotos feitas por seus amigos e subiu na balança. "Me senti realmente decepcionada e chateada comigo mesma quando vi os 120 kg".

"Mudei minha dieta imediatamente e comecei a fazer uma dieta rica em proteínas. Também como muita fruta agora, o que raramente fazia antes", ela conta.

"Até junho de 2018, todo o meu trabalho tinha valido a pena, e tenho o prazer de dizer que havia perdido 57 kg e agora pesava 63 kg.''

Nicole recebeu o apoio do marido, mas teve dificuldades com alguns amigos íntimos depois de perder peso.

Facebook
Imagem: Facebook

Ela disse: "Ouvi comentários rudes após o meu sucesso na perda de peso de algumas das pessoas mais próximas a mim. Estou falando de amigos que tive a vida toda."

"Eles não me apoiaram em nada. Criticavam tudo sobre mim e me colocavam para baixo sem perceber que suas piadas doíam. Eles julgavam ou brincavam sobre o que eu estava vestindo e me diziam que não era perfeita. Eles foram muito negativos."

"Demorei muito tempo para perceber que eles estavam apenas com ciúmes. Percebi que não precisava ter pessoas assim na minha vida."

Nicole acabou se tornando personal trainer e instrutora de turma.

"Se você quer perder peso, meu conselho seria começar hoje. Nem espere a segunda-feira chegar. Faça agora e absolutamente faça apenas por você."

Autoestima