Topo

Autoestima


Forever 21 envia barrinhas de dieta em encomendas plus size e gera críticas

De Universa

23/07/2019 19h56

Consumidoras da loja de fast fashion Forever 21 relataram nas redes sociais que receberam barrinhas de uma dieta, conhecida como Atkins, junto com suas encomendas de roupas plus size.

No Twitter, foram publicadas fotos de pacotes de roupas compradas online com as barras de cereal, que não foram pedidas pelas consumidoras, mas foram enviadas como amostras grátis.

Barrinhas de cereal enviadas por Forever 21

A moda plus size enfrenta dificuldades para alcançar espaço no mercado, por isso, sempre que lojas e fast fashions começam a vender roupas para gordas a atitude é comemorada. Consumidoras da Forever 21, no entanto, receberam seus pedidos da coleção plus size da marca com barrinhas indicadas para o emagrecimento. A medida foi criticada pelas clientes, que entenderam a ação como uma forma de "empurrar dieta" para as pessoas.

"SIM, vergonha encomendar @ Forever21 mas por que eles têm que empurrar comida de dieta para mim? Ele veio com um bar Atkins?", escreveu uma usuária. "Obrigada, @Forever21. Eu recebi meu pedido com cinco itens da seção plus...Ah e essa barrinha Atkins que escorregou lá. Eu não levo com leveza pessoas dizendo para mim como viver minha vida. Ah, e quando vocês embalaram a barrinha de dieta, esqueceram de colocar minha atual fatura!!!".

No Instagram, uma ativista que combate a gordofobia e produz conteúdo sobre seu corpo publicou uma crítica. "Hey , vocês sabiam que a Forever 21 está enviando barrinhas Atkins para seus consumidores plus sizes? Estou cansada da cultura da dieta e de gordofobia, estou cansanda de pessoas acharem que isso é ok. Estou cansada".

À imprensa internacional, a Forever 21 informou que de tempos em tempos a marca envia amostras grátis que pertencem a parceiros terceirizados junto com seus produtos pedidos em e-commerce. Afirmou ainda que a barrinha foi incluida em todos os pedidos online, de todos os tamanhos e categorias, por tempo limitado. Disse que elas foram removidas. A loja ainda pediu desculpas "por alguma ofensa que possa ter causado aos seus consumidores", porque não era sua intenção.