Topo

Relacionamentos


Relacionamentos

Por que Miley Cyrus quer ser chamada de "parceira" e não de "esposa"

Miley Cyrus - Reprodução/Instagram
Miley Cyrus Imagem: Reprodução/Instagram

Em entrevista à revista Elle, Miley Cyrus falou sobre o casamento com Liam Hemsworth e destacou várias razões que explicam sua preferência por ser chamada de "parceira" em vez de "esposa". "'Marido e esposa' soa como um comercial de cigarro dos anos 50 para mim", opinou a artista.

"Eu definitivamente não me encaixo no papel esteriotipado da esposa. Eu nem gosto dessa palavra", justificou Miley como mais um motivo. De acordo com a cantora, as pessoas jamais conseguiriam compreender sua relação com Hemsworth. "É tão complexo, moderno e novo [o relacionamento] que não acho que ocupamos um lugar que as pessoas entenderiam", declarou à Elle.

Ainda durante o papo com a revista, Miley falou sobre sua orientação sexual e a opinião pública. "As pessoas realmente pensam que eu estou em casa preparando a p**** do jantar? Estou numa relação hétero, mas continuo bastante atraída sexualmente por mulheres. Pessoas se tornam vegetarianas por questões de saúde, mas bacon continua sendo muito gostoso - e eu sei disso. Escolhi um parceiro. Essa é a pessoa que sinto que mais me apoia", complementou.

Os pombinhos formalizaram a união em dezembro de 2018 com uma cerimônia que aconteceu no Tennessee, EUA. Após se casarem, Miley adotou o sobrenome de Liam e, mesmo que a decisão tenha parecido antiquada, a cantora garante que a relação do casal tem tudo, menos conservadorismo.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi divulgado anteriormente, Liam Hemsworth não é um dos astos dos filmes dos "Vingadores". A informação foi removida.