PUBLICIDADE

Topo

Moda

Destaques do 4º dia: Diversão de Zigfreda, rigor de Huis Clos e invenções de Herchcovitch

Huis Clos trouxe peças de rigor estrutural e caimento impecável - Alexandre Schneider/UOL
Huis Clos trouxe peças de rigor estrutural e caimento impecável
Imagem: Alexandre Schneider/UOL

CAROLINA VASONE<br>UOL Estilo

15/07/2006 23h15

O quarto dia do São Paulo Fashion Week teve três principais pontos altos: foi animado com o colorido e divertido desfile da Zigfreda, teve os acertados invencionismos na moda masculina de Alexandre Herchcovitch e o rigor e elegância da moda da Huis Clos, para consumidores de moda de vários gostos.



Na Huis Clos, mulheres finas e modernas ganharam a passarela com looks em variações de tons de pele e exercícios de moulage em vestidos e peças que acompanhavam mas não ajustavam no corpo, deixando pernas à mostra, em comprimentos levemente acima do joelho.



Já na Zigfreda, ou as saias eram volumosas mesmo ou a silhueta, na maioria das peças, ficava sequinha, em vestidos tubinho ou saia retas. Os tons eram vibrantes, em combinações de roxo e amarelo ou roxo e vermelho e as saias curtinhas, tudo bem anos 60.



Herchcovitch inventou de colocar Melissa nos pés masculinos, e no corpo, vestido com saia de pregas e até bata. E ficou bom. Além de bom, o estilista conseguiu fazer com que tudo continuasse com cara de "roupa de homem". Outra experimentação que deu certo foram as emendas (as mesmas que transformaram a saia de pregas e a camiseta de malha em vestido) de bermudas e blusas, com estampas e tecidos totalmente diferentes, formando interessantes macacões.



Realizado no Parque da Luz, o desfile da V.Rom prometia. O tempo frio, no entanto, não ajudou a dar clima de verão à coleção masculina da grife, que se inspirou nos carnavais de rua do Rio de antigamente para dar pitadas divertidas de piratas, índios, sambistas e outras fantasias clássicas de menino na folia. Ainda assim, a coleção trouxe looks interessantes para os homens, com algumas propostas mais diferentes como os decotes em blusas com botõezinhos de madeira marrom e a "camisa jaqueta", uma fusão das duas peças.



Neste sábado - dia com o maior número de desfiles, oito, ao todo - ainda desfilaram Maria Bonita, Movimento, Patachou e Samuel Cirnansck.

Moda