PUBLICIDADE

Topo

Nina Lemos

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Ana Maria Braga dá "ghosting" no marido: tem vezes que sumir é justificável

Ana Maria Braga teria terminado casamento sem dar explicações: existe o ghosting por sobrevivência, aquele que a gente faz para sobreviver. - Reprodução/TV Globo
Ana Maria Braga teria terminado casamento sem dar explicações: existe o ghosting por sobrevivência, aquele que a gente faz para sobreviver. Imagem: Reprodução/TV Globo
Nina Lemos

Nina Lemos é jornalista e escritora e mora em Berlim. É feminista das antigas e uma das criadoras do 02 Neurônio, que lançou cinco livros e teve um site no UOL no começo de 2000. Foi colunista da Folha de S. Paulo, repórter especial da revista Tpm e blogueira do Estadão e do Yahoo. Escreveu também o romance "A Ditadura da Moda".

Colunista de Universa

23/06/2021 15h32

"Marido reclama que não foi avisado da separação por Ana Maria Braga". Quando li essa manchete confesso que passei a admirar a apresentadora ainda mais. Pelo que tudo indica, ela realizou um sonho secreto que muitas de nós já tivemos quando estamos muito sem paciência ou esperança em um relacionamento: sumir sem dar explicações.

A apresentadora é casada com o empresário francês Johnny Lucet desde fevereiro de 2020. De um tempo para cá, o marido foi para Portugal, onde mora sua família, e Ana, no Brasil, parou de usar aliança. Essa semana, ele deu uma entrevista para um jornal muito chateado, falando que ela tinha sumido e eles haviam se separado. Diz ele que Ana simplesmente parou de responder. "Ela nem me ligou no meu aniversário", lamentou. Ana Maria, no mesmo dia em que a entrevista foi publicada, deu um recado no seu Instagram e publicou a seguinte mensagem: "Fazer de si mesmo a sua prioridade não é egoísmo, às vezes, é necessidade"

Ou seja, tudo indica que ela, de fato não aguentava mais. E ela está certa, temos, sim, que ser prioridades para a gente (senão quem vai ser?). E pelo jeito ela saiu dessa pela sua sobrevivência emocional. Ana saiu dessa para melhor.

"Dar um ghosting", sumir sem explicação, é uma atitude muito comum atualmente, época de relacionamentos em redes sociais. Em geral quem faz o "ghosting" (algo como "vira fantasma") são os homens. E claro, não é legal uma pessoa sumir da sua vida sem dar explicações. Mas vamos ser sinceros: tem vezes que não têm jeito. Às vezes sair fora de um relacionamento bem rápido é o que nos resta. E, muitas vezes, a gente cansou de conversar.

Não, não é verdade que mulheres sempre gostam de ter DR intermináveis. Às vezes a gente já discutiu tanto que viu que não tem mais solução.

Sim, existe o ghosting por sobrevivência, aquele que a gente faz para sobreviver. Esse parece ser o caso de Ana Maria Braga. Alguns sites de fofocas publicaram que uma das razões da separação seria o fato dele maltratar os empregados de Ana. Se for isso fica ainda mais claro o quanto Ana Maria estava certíssima e deu exemplo.

Nada mostra mais o caráter de uma pessoa como o jeito que ela trata o garçom, a assistente da casa, a faxineira. Se um homem tiver o hábito de gritar com a faxineira, separe-se imediatamente. É sério. Se um cara maltrata pessoas que ele pensa que estão em uma posição inferior a ele, o que ele não pode fazer com você? E fora que, quem faz isso não é uma pessoa legal.

Johnny Lucet negou as acusações e disse: "Claro que isso não é verdade. Não tenho nenhum poder para isso, muito pelo contrário. Os funcionários de Ana obedecem a ela. Caso contrário, eles não podem mais se beneficiar da sua generosidade." Sim, ele acabou mandando indiretinha para Ana Maria, falando que ela é "generosa demais" com seus empregados?

Merecia ou não o ghosting? Pelo jeito, sim. Mas, mais que isso, Ana Maria merecia se livrar. E quem nunca passou por algo parecido?

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL