PUBLICIDADE

Topo

Mayumi Sato

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Viagens a dois e looks iguais: pesquisa revela tendências de dates em 2022

iStock
Imagem: iStock
Conteúdo exclusivo para assinantes
Mayumi Sato

Mayumi Sato é meio de exatas, meio de humanas. Pesquisadora e diretora de marketing do Sexlog quer ressignificar a relação das pessoas com o sexo e, para isso, acredita que é preciso colocar a mão na massa, o que inclui decodificar o comportamento humano. Ao longo dos anos, estudando e trabalhando com o mercado adulto, passou a fazer parte de uma rede de mulheres interessadas e ativistas no assunto, por isso sabe que não está "não estamos" só. Idealizadora do cínicas (www.cinicas.com.br) e feminista sex-positive.

Colunista de Universa

14/11/2021 04h00

Fim de ano chegando embalado pela segunda dose da vacina e, para quem está na pista, significa lubrificar os motores, espantar a teia de aranha da cueca ou da calcinha e voltar aos bons, velhos e saudosos dates! Agora, tudo pessoalmente.

Mas pra quem está sofrendo de insegurança e acha que perdeu o rebolado, a boa notícia é que foram divulgados dois grandes relatórios de tendência em relacionamentos para 2022, com informações valiosas para quem quer dar match, sair na frente e não fazer feio ao chamar o contatinho.

O site Dating.com, que faz parte de um dos maiores conglomerados de sites de encontros do mundo, o Dating Group, realizou uma pesquisa e percebeu alguns comportamentos que indicam um padrão do que pode ou não agradar na hora do flerte online:

70% dos homens disseram que gostam de enviar presentes para seus contatinhos online, o que inclui um belo jantar surpresa entregue em casa, táxi ou uber depois de um longo dia de trabalho, e às vezes, algum outro presentinho. Enquanto isso, apenas 6% das mulheres declararam já terem enviado algum mimo para seus pretendentes.

Grande parte dos entrevistados, cerca de 90%, revelou o interesse em manter as chamadas de vídeo e dates online, ou seja, nada de mandar um "oi sumida!", sem ao menos dar aquele trato no visual para impressionar durante a conversa.

As mensagens de voz também estão em alta! 40% se anima com a ideia de conversar por áudio, e a maioria dos solteiros pretende fazer isso já com o próximo match.

Outro site que fez sua própria análise de tendências foi o Plenty of Fish, que entrevistou cerca de 7 mil pessoas e apontou três novos comportamentos motivados pela pandemia, mas que devem se manter daqui pra frente:

Match da amizade: 50% das pessoas solteiras entrevistadas contaram que usam os aplicativos de encontro para se conectar com novas amizades, sem nenhuma intenção sexual por trás!

Dúvidas com relação ao toque: 64% das pessoas têm sofrido de ansiedade com a incerteza sobre os limites físicos aceitáveis ao interagirem com alguém. Abraços, apertos de mão e um simples aceno, ainda é difícil saber por onde começar um novo date.

De férias com o date: cerca de 38% dos solteiros e 43% da geração Z revelam disposição para convidar alguém que acabou de conhecer para viajar de férias. Afinal, depois de tantos meses em isolamento, é preciso ir atrás do tempo e da foto no pôr do sol perdidos, não importando quem está com você para fotografar!

Par de vasos aprovados: Influenciados por casais famosos como Kourtney Kardashian e Travis Baker ou Megan Fox e Machine Gun Kelly, os jovens têm se comportado de formas bem parecidas, como se você estivesse se relacionando com um clone. Em alguns casos, os casais acabam compartilhando vocabulários idênticos e até o mesmo corte de cabelo. Dos entrevistados, 26% dos solteiros já experimentaram essa tendência, enquanto quase metade da Geração Z, cerca de 49% aprova esse comportamento.

"Da cultura pop à pandemia, há muitos fatores que influenciam o namoro", disse Kate MacLean, especialista em namoro residente da Plenty of Fish. "Essas tendências demonstram uma nova era no namoro que está repleta de incertezas, mas que floresceu com comunicação honesta e um pouco de criatividade."

E você, já está preparado para os datings no ano que vem? Qual a sua tendência favorita? Compartilha nos comentários!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Mayumi Sato