PUBLICIDADE

Topo

Fabi Gomes

Espinha, manchas, rugas: acredite, sua pele real agora está na moda

A modelo e cantora Starlie Smith, que costuma mostrar sua pele natural nas redes sociais. - Reprodução/Instagram
A modelo e cantora Starlie Smith, que costuma mostrar sua pele natural nas redes sociais. Imagem: Reprodução/Instagram
Fabiana Gomes

Fabi Gomes é maquiadora e bonne vivante ? gosta de das coisas boas da vida, como artes, literatura, sexo, cinema, culinária, viagens. Está sempre atenta ao poder transformador e aos rumos da beleza.

Colunista do Universa

20/01/2021 04h00

Amante da maquiagem reboco? "Ô, Fabi, nem sei o que é isso." Eu explico: em geral, maquiagem reboco é aquela na qual imperfeições não são aceitas. Ainda que sua pele não precise de muitas correções, ela será vigorosamente coberta por quantidades visíveis de produto (o termo "precisar" aqui está dentro desse contexto, desse mundo de ideias, já que, precisar, a gente não precisa de nada nesse métier).

Para pele, inicia-se com litros de base, quilos de pó, e muito, muito corretivo pra anular qualquer possibilidade de olheiras ou manchas roubarem a cena do trabalho do maquiador. Sim, sim, o trabalho do maquiador deve prevalecer à beleza, e toda a destreza técnica em transformar rostos deve ficar evidente nesse estilo de maquiagem.

Pele natural anulada, chega o momento da grande transformação. Inicia-se o trabalho de contornar seu rosto, para lhe dar novas formas, mais apropriadas ao padrão vigente (na minha coluna da semana passada falo um pouco disso). Seu rosto será colocado na forma oval e será ricamente adornado com brilhos, em alguns casos praticamente remetendo à estética do "Homem de Lata".

Em seguida, partimos para as cores. Muitas camadas de sombras, com potentes fixadores, é claro, para que você ficar boneca o dia todo sem preocupações. A forma do seu olho será alterada, porque, afinal, ter olhos amendoados é o que importa. Seus cílios são muito curtos e ralos, mal podem ser notados.

Por isso, uma espécie de peruquinha será acomodada sobre seus cílios naturais. É claro que ela pesa e, portanto, seus olhos vão dar uma espécie de apertadinha. Aproveite esse efeito colateral, já que pode conferir uma aura de mistério e sedução ao seu look. Você ficará mais sexy!! E sexy é tudo que precisamos ser, não é?

Meu Deus, quase me esqueço das sobrancelhas (tô ligada que precisamos falar sobre a nova tendência, o skinimalism, calma lá, antes preciso explicar reboco pra quem não sabe). Ah, as sobrancelhas! Esqueça essa sua versão falhada e com poucos pelos! Você será presenteada com um novo modelo de sobrancelha, beeeem marcada e desenhada. A forma é a mesma para todas as mulheres, mas isso não importa. O que importa é que seja bem fortona e iguaizinhas dos dois lados.

Para finalizar essa graciosidade, você terá seus lábios aumentados, sensivelmente aumentados.

Prontinha! A caricatura de mulher tá no jeito pra você se exibir em público. A gente poderia ir mais longe e falar de outros adereços que foram incorporados à rotina de algumas mulheres: extensões de cabelo, unhas postiças e outros elementos que garantem a sua entrada nesse ideal, mesmo que, talvez, lhes roube um tanto da naturalidade e do conforto.

Que fique claro, isso aqui não é um julgamento às adeptas de tais intervenções. É apenas uma descrição para auxiliar a amiga leitora que desconhece esse universo. Quem quer se montar, que se monte à vontade!

Chegou a hora da tendência do ano

Mas eis que, na contramão dessa estética, surge a tal Skinimalism, anunciada como grande tendência de beleza para 2021, segundo relatório de previsões de tendência do Pinterest.

A previsão vem baseada nos termos de pesquisa em alta globalmente: como ter uma pele brilhante naturalmente, exercícios de yoga facial, skincare caseiro, máscara facial de aloe vera e maquiagem natural para o dia a dia.

Essa tendência é baseada numa rotina de cuidados para pele e maquiagem mais simples e sustentáveis, somada à revelação da sua pele real, com tudo que acompanha - descolorações, manchas, espinhas, poros. O foco se volta para o bem-estar e para rotinas possíveis.

A ideia não é usar 15 produtos para tratar a pele e mais 20 para a maquiagem, escondendo "seus defeitos"e produzindo outra pessoa. O objetivo é incentivar hábitos que caibam no seu dia a dia e proporcionem a normalização de suas características próprias.

Em tradução livre, skinimalism seria algo como "pele mínima". Eu prefiro chamar de "pele máxima", porque, na verdade, a ideia toda é ter a tua pele real como grande protagonista da história. Pessoalmente e profissionalmente, sou adepta dessa tendência há anos.

Dou muita importância à saúde da minha pele e sigo uma rotina de tratamento prescrita por uma médica dermatologista que me toma exatos 5 minutos pela manhã e outros 5 à noite. Minha maquiagem de sempre me toma no máximo 10 minutos e estou sempre tentando minimizar o que vai no nécessaire.

Profissionalmente, tanto em desfiles das semanas de moda mais importantes do mundo, quanto para fotos, há anos escuto e falo muito a seguinte frase sobre a pele: "produto apenas onde necessário". Deixe a pele natural entrar no jogo, ser revelada.

O produto não precisa nem deve estar visível (a menos que seja essa a proposta). Coisa mais linda, chique e potente é um delineadorzão oposto a uma pele mais crua! Aquela bocona carmim apoteótica de mãos dadas com uma pele nua e transbordando glow, acho quase erótico.

Se a tendência se firmar, certamente será uma nova era para a indústria da beleza. Muito mais honesta, consciente e respeitosa em relação a quem consome e a toda a rede ligada à produção.

Tecnologia e inovação serão a grande galinha dos ovos de ouro para garantir texturas e acabamentos mais naturais, mais humanos. Já pensou? Ao invés de lançar 5 tipos diferentes de primer, lançar um tonalizante fodidaço, que se adapte às condições de pele de cada um? E, vejam só, assim como na saúde, na beleza também a ciência e a comunicação honesta e consciente vão ser o grande lance. Que coisa!

Acho que semana que vem a gente precisa falar sobre aquela outra tendência de reforçar as olheiras, né não?