PUBLICIDADE
Topo

Nasa anuncia fim do telescópio que caça planetas fora do Sistema Solar

Do UOL, em São Paulo

15/08/2013 15h52Atualizada em 15/08/2013 17h24

A Nasa (Agência Espacial Norte-Americana) anunciou nesta quinta-feira (15) o fim da operação do telescópio espacial Kepler, usado para buscar planetas fora do Sistema Solar. Após três meses seguidos de análises e testes, não há mais chances de restaurar seu funcionamento, afirmam os cientistas. 

LEIA MAIS

  • Arte UOL

    Descubra até onde o homem já chegou na corrida pela exploração espacial

As falhas técnicas de duas das quatro rodas de reação, que são essenciais  para que o telescópio aponte para uma direção no espaço, encurtou a missão três anos antes do previsto - ele deveria funcionar até novembro de 2016. 

A primeira roda pifou em julho de 2012, mas foi em maio passado, quando a segunda parou de funcionar, que a operação espacial ficou em risco, já que o Kepler precisa de ao menos três rodas para se estabilizar e ajustar a direção de suas lentes.

A Nasa não descarta uma nova pesquisa científica, no entanto, não divulgou cronograma ou detalhes da busca por novos mundos fora da Terra. Nem mesmo disse o que vai fazer com o telescópio, que ficou "estacionado" a 64 milhões de quilômetros de distância, em maio passado, para economizar combustível.

A missão de US$ 600 milhões foi lançada em 2009 para a busca de exoplanetas. Segundo a Nasa, o Kepler descobriu 135 exoplanetas e identificou outros 3.500 candidatos, inclusive mundos que têm potencial para abrigar vida longe da Terra.