Conteúdo publicado há 2 meses

Robô humanoide da Tesla dobra camiseta em vídeo; veja

Um vídeo divulgado por Elon Musk mostra um robô da Tesla dobrando uma camiseta.

O que aconteceu

Exemplar do Optimus Gen 2 pega uma camiseta de uma cesta, estica sobre uma mesa e então dobra a peça de roupa. "Ainda não é autônomo, mas será", diz Elon Musk.

Do que é capaz o robô?

Robô anda, dança e tem câmeras em vez de olhos. Em uma outra demonstração do robô, publicada no perfil oficial Tesla Optimus no X (antigo Twitter) é possível ver que o equilíbrio do robô foi melhorado, com ajuda de partes flexíveis dos dedos do pé, que agora tem o mesmo formato do pé humano.

Sensibilidade nas mãos é um dos destaques do robô. A empresa diz que o Optimus 2 consegue isso por conter sensor tátil em todos os dedos. As mãos têm ao todo 11 graus de liberdade (nós, humanos, temos 27 graus).

Por que a Tesla investe em robôs?

A ideia de Musk é criar um robô humanoide de propósito geral, capaz de realizar tarefas inseguras, repetitivas e chatas. Ideia é aproveitar o conhecimento da Tesla em visão computacional e sensores de carros elétricos para criar um produto que, segundo Elon Musk, diretor-executivo da empresa, superará o mercado de carros no futuro. O primeiro anúncio sobre robôs foi feito em 2021.

Protótipo inicial do robô foi apresentado em 2022, mas ele não andava. Neste ano, o Optimus Gen 1 já conseguia caminhar e realizar tarefas mais complexas, como movimentar peças e ordená-las conforme a cor.

Continua após a publicidade

US$ 20 mil (cerca de R$ 100 mil) é o preço sugerido pelo robô Optimus. A empresa pretende produzir milhões no futuro, e o plano é disponibilizar unidades para o público em geral até 2027.

Deixe seu comentário

Só para assinantes