PUBLICIDADE
Topo

Claro TV Box: caixinha que oferece TV por assinatura sem cabos vale a pena?

Claro Box TV - Guilherme Tagiaroli/Tilt
Claro Box TV Imagem: Guilherme Tagiaroli/Tilt

Guilherme Tagiaroli

De Tilt, em São Paulo

09/02/2022 04h00

Até algum tempo atrás, para ter TV por assinatura em casa, era necessária a visita de um técnico, que puxaria um cabo do poste até próximo de seu televisor. Ainda bem que isso não é mais um problema comum, e produtos como a Claro Box TV ajudam nessa transição de tecnologias.

Para usar esse tipo de aparelho, basta conectá-lo à internet (via wi-fi ou cabo de rede), e os canais já começam a ser exibidos na TV. Ele é uma boa opção para quem gosta de assistir TV ao vivo paga e aberta e curte ver serviços de streaming — a caixinha é atualizada constantemente e conta com boa parte das plataformas conhecidas.

Para solicitar, você paga uma mensalidade de R$ 30 para acessar os canais abertos da sua região (o aparelho da ClaroTV é "emprestado") e ainda há uma taxa de adesão, que pode variar conforme a região (na simulação feita pela reportagem no site da Claro, ela foi de R$ 399). Ela tem também acesso a streaming (se você já paga por fora, só fazer o login).

Abaixo, relato um pouco da minha experiência com a box TV da Claro.

Instalando

Na caixa, vem a box tv, um controle, um cabo HDMI e uma fonte do equipamento. Basta plugar a caixinha na tomada e ligar o aparelho na entrada HDMI de sua televisão. Na sequência, ligue a box TV em sua televisão, e ache a opção para visualizar o conteúdo da fonte da porta HDMI correspondente (se quiser dá para acompanhar o passo a passo neste link aqui).

Conectei a box TV à internet via Wi-Fi, e aí foi um pouco difícil para digitar a senha usando os botões direcionais do controle, mas até aí, tudo bem, pois só se faz isso uma vez.

Após atualização do firmware (sistema interno), a box TV já passa a exibir os canais de TV aberta. Para acessar os canais fechados, é necessário assinar um pacote - o que pode ser feito da própria TV.

Traseira da Claro Box TV - Guilherme Tagiaroli/Tilt - Guilherme Tagiaroli/Tilt
Traseira da Claro Box TV
Imagem: Guilherme Tagiaroli/Tilt

Usando na prática

A ideia de uma TV Box é tornar sua televisão mais inteligente, com acesso a serviços de streaming, jogos ou até mesmo canais ao vivo.

Como o sistema operacional de algumas TVs não são sempre atualizados, acaba sendo uma oportunidade para quem não quer uma TV nova. Há desde modelos de grandes marcas a opções menos conhecidas - vale tomar cuidado com TVs box piratas. Elas geralmente oferecem acesso a vários serviços a um preço muito baixo e contam com funcionamento instável. Há até casos de aparelhos com software espião instalado.

Para mim, o grande barato da Claro TV Box foi ter acesso a canais abertos e pagos. Nos primeiros dias, era comum começar a ver um programa na TV aberta e simplesmente aparecer um sinal de que a imagem ainda estava carregando por alguns segundos. Era bem frustrante, e rolou isso durante o capítulo final de uma novela - o que frustrou bastante as pessoas que estavam em casa comigo.

Interface da Claro Box Tv - Guilherme Tagiaroli/Tilt - Guilherme Tagiaroli/Tilt
Interface da Claro Box TV
Imagem: Guilherme Tagiaroli/Tilt

Após uns dois meses de uso, o sistema ficou mais estável com falhas muito pontuais. A qualidade da imagem é HD (1.280 x 720 pixels) - na caixa, é dito que ele suporta resolução 4K (3.840 x 2.160 pixels), mas isso vai depender se o conteúdo estiver em qualidade 4K no streaming e se sua TV suportar esta tecnologia. Quanto aos canais de TV, são todos HD mesmo.

Em seu site de ajuda, a Claro recomenda que quem quiser usar a Claro TV Box tenha uma internet de pelo menos 10 Mbps (Megabits por segundo). No início dos testes tinha um link de 20 Mbps e, posteriormente, fiz um upgrade para 240 Mbps. Então, imagino que os problemas pelos quais passei no início tinha mais relação com uma instabilidade do sistema do que um problema de disponibilidade de internet.

Algo curioso que notei é que por ser TV pela internet, o sinal sempre chega um pouco depois do que em "outras televisões". Em dias de jogos de futebol, o atraso era de pelo menos uns 10 segundos. Lógico, não é sempre que isso vai incomodar, mas se você mora em um bairro em que muita gente acompanha partidas, é possível que alguém grite o resultado antes de ele aparecer em sua casa.

Gravação e replay de programas

Com a Claro Box TV, há toda a grade de programação dos canais, e é possível pedir para o sistema gravar o programa para assistir posteriormente. Fiz isso com um documentário e ele estava disponível para eu assistir algumas horas após ele ser exibido - vale lembrar que essa funcionalidade já é conhecida de alguns clientes antigos de TV por assinatura.

Ao todo, a Claro diz que guarda até 400 horas de conteúdo (não é especificado um tamanho em gigabytes). Uma vez gravados, eles ficam disponíveis por até três meses. Depois são apagados.

Outra função é a busca por reprises. É possível ver programas de até 7 dias atrás, o que pode ser especialmente bom para canais de TV paga, pois costumam reprisar programas com alguma frequência. Na TV aberta é possível ver, por exemplo, edições de um jornal de dias anteriores.

Streaming

A Claro tem disponível os principais serviços de streaming, como Netflix, Prime Video, HBO, Globoplay, PlutoTV e Paramount. Para quem gosta de esporte, é fácil assinar ao Premiere, assistir jogos no Facebook Watch ou mesmo o Conmebol TV, que passa jogos da Copa Libertadores.

É possível assiná-los diretamente pela box TV ou fazer login com uma conta já existente na maioria deles.

A Claro Box TV vem ainda com canais próprios. O Claro Vídeo e o Claro Música. O primeiro traz filmes e séries disponibilizados gratuitamente, enquanto o segundo tem playlists para você deixar rolando enquanto tem visitas em casa.

É possível ainda alugar ou comprar filmes do Now. Lá, você acha tanto títulos antigos como mais novos para assistir.

Para ser completo, eu diria que faltam dois serviços importantes: Disney+ e YouTube. Para alguns, a Twitch também poderia ser interessante para assistir transmissões ao vivo. Mas, como eu disse, pode ser questão de tempo, pois a TV Box é atualizável: quando comecei a usá-la, tinha Netflix e Prime Video, hoje são vários.

Conclusão

Cada vez mais devemos ter sistemas para assistir TV pela internet, e a Claro Box TV é uma dessas alternativas de fácil instalação. Sem contar que dá para levar para qualquer lugar - ela vai funcionar desde que tenha acesso à internet.

Como já disse, ela é uma boa para quem tem uma TV sem sistema operacional atualizado e para quem curte assistir TV aberta ou fechada. Outra opção é ser uma alternativa para quem mora em algum local onde a antena de TV digital não pega bem.