PUBLICIDADE
Topo

FMWhatsApp: versão 'pirata' do WhatsApp pode roubar seus dados e dinheiro

Whatsapp - usuário digita no app de mensageria - Tim Hauswirth/ Pixabay
Whatsapp - usuário digita no app de mensageria Imagem: Tim Hauswirth/ Pixabay

Letícia Naísa

De Tilt, em São Paulo

11/09/2021 12h37

Pode parecer divertido instalar um aplicativo que permite personalizar o seu WhatsApp, mas é preciso ficar atento com esse tipo de ferramenta. Conhecidos como "mods", esses aplicativos, como o FMWhatsApp, alteram as cores padrão do WhatsApp e prometem melhorias no app.

Uma pesquisa da Kapersky, empresa especializada em segurança na internet, mostrou, no entanto, que os mods conseguem instalar um malware (programa malicioso) nos aparelhos capaz de coletar dados do usuário, exibir anúncios, interceptar mensagens SMS e realizar assinaturas não solicitadas.

Por meio deste trojan, chamado Triada, e com acesso aos dados do usuário, o criminoso consegue instalar outros tipos de malwares e efetuar login na conta do WhatsApp da vítima. Com acesso às mensagens, é possível acessar outros perfis e até mesmo aplicar golpes financeiros.

De fato, ferramentas como o FMWhatsApp fazem alterações no aplicativo original, cumprem a promessa de deixar o WhatsApp cor-de-rosa, por exemplo, mas o custo é a segurança dos dados do usuário.

Como se proteger

Para manter a sua segurança, os especialistas da Kapersky recomendam:

  • Evitar instalar aplicativos de fontes não-oficiais
  • Verificar as permissões que você concedeu a aplicativos já instalados
  • Instalar um antivírus confiável