PUBLICIDADE
Topo

Chega de cera: startup inventa minimáquina de lavar para fones de ouvido

Earbuds Washer, a máquina de lavar para fones de ouvido - Cardlax
Earbuds Washer, a máquina de lavar para fones de ouvido Imagem: Cardlax

Lucas Santana

Colaboração para Tilt

14/04/2021 12h37

Há coisa mais incômoda e constrangedora do que usar um fone de ouvido e notar o acúmulo de cera ao retirá-lo? Para resolver esse problema, a startup americana Cardlax desenvolveu o projeto de uma minimáquina de lavar para fones de ouvido, a EarBuds Washer (EBW), e lançou a empreitada na plataforma de financiamento coletivo Kickstarter.

O projeto já pode ser considerado um sucesso: arrecadou até agora mais de US$ 100 mil, bem acima da meta de US$ 5.000, em pouco mais de 50 dias de campanha. A cota de apoio mais barata, que garante uma unidade do aparelho, sai por pouco mais de US$ 30 (cerca de R$ 170). A mais cara, que promete 20 unidades, sai por US$ 479 (mais de R$ 2.700).

Fofa e aparentemente funcional

A pequena máquina funciona quase como uma minilavadora de roupas. Segundo a descrição do projeto no Kickstarter, basta ligar o aparelho a um cabo USB-C, borrifar uma solução de limpeza à base de álcool nas suas hélices esponjosas, inserir o fone, fechar a tampa e deixar a EarBuds Washer operando por dois minutos. O resultado deve ser um fone "brilhante e incrivelmente limpo", afirma a fabricante.

Por se tratar apenas de um projeto em estágio de desenvolvimento, é difícil garantir que o aparelho funciona bem, mas o vídeo de apresentação e a descrição da empreitada no Kickstarter parecem ter convencido mais de 2 mil apoiadores.

A EBW tem ainda uma escovinha minúscula acoplada à base que você pode usar para tirar aquela sujeira mais persistente dos seus fones.

Só sem fio

É bom segurar o entusiasmo com o projeto se você usa fones comuns com fio. A máquina de lavar da Cardlax só realiza o processo com fones totalmente sem fios. De qualquer forma, ela promete higienizar desde os famosos AirPods, da Apple, até outros modelos mais baratos e populares, como os da Samsung, Xiaomi e demais fabricantes.

Além de fones, a EBW também promete lavar aparelhos auditivos usados por pessoas com algum nível de deficiência na audição, especialmente os acessórios menores que se parecem com fones intra-auriculares tradicionais.