PUBLICIDADE
Topo

Blackout Tuesday apoia causa negra nas redes sociais; veja como participar

Manifestantes do Black Lives Matter fazem protesto em Londres contra a morte de negros pela polícia nos EUA - Daniel Leal-Olivas/AFP
Manifestantes do Black Lives Matter fazem protesto em Londres contra a morte de negros pela polícia nos EUA Imagem: Daniel Leal-Olivas/AFP

Marcella Duarte

Colaboração para Tilt

02/06/2020 12h31

Na manhã desta terça-feira (2), você deve ter se surpreendido com seu feed do Instagram inundado por diversos quadradinhos pretos. Mas não se trata de nenhum bug, e sim da manifestação virtual Blackout Tuesday ("Terça-feira do apagão").

Pessoas do mundo todo estão postando uma imagem toda preta, em solidariedade aos protestos do movimento Black Lives Matter (vidas negras importam) nos Estados Unidos. O objetivo é combater o racismo, o fascismo, a desigualdade e a truculência policial.

Manifestantes tomaram as ruas de Minneapolis após a morte de George Floyd, um negro asfixiado por um policial branco no último dia 25 de maio.

Para o movimento, esta terça-feira foi escolhida para ser um dia de luto. Para participar, basta colocar um quadradinho preto em seu feed, apenas com a hashtag #blackouttuesday. A legenda pode conter alguma mensagem de solidariedade. Depois disso, você não deve postar mais nada pelo resto do dia. Pessoas também estão aderindo em outras redes sociais, como Twitter e Facebook.

O movimento encoraja as pessoas a usar o tempo que gastariam nas redes sociais para apoiar iniciativas do movimento negro e dos direitos humanos —cujas postagens teriam mais visibilidade se todo o resto estiver "apagado".

Importante: não use a hashtag #BlackLivesMatter em seu post da imagem preta, para não atrapalhar a busca por conteúdos importantes relacionados aos protestos.

A Blackout Tuesday começou como uma iniciativa da indústria musical, que se comprometeu a suspender os negócios e não lançar nenhum conteúdo às terças-feiras. O Spotify aderiu e vai adicionar uma faixa de 8 minutos de 45 segundos de silêncio em certas listas de música e de podcasts.

Rapidamente, o movimento se espalhou por toda a internet. Famosos, anônimos e empresas se reuniram em torno do combate ao racismo e a favor da solidariedade e empatia.

Como conseguir uma imagem toda preta?

Uma das maneiras mais fáceis é tirar uma captura de tela da postagem de alguém e cortar a parte preta. Outra é procurar no Google por uma imagem. Também não é complicado criar uma em algum editor de imagem, como Pixlr, Paint ou Photoshop.

Há também um hack: abra o Instagram, clique em adicionar post, escolha "foto" para acessar sua câmera e aí coloque seu celular, com a câmera virada para baixo, em alguma superfície plana. Pronto: aí está uma imagem toda preta, já dentro do aplicativo e no tamanho certo para o feed. Basta tirar a foto e postar.