PUBLICIDADE
Topo

Robô humanoide interage com doentes de coronavírus e reduz desgaste médico

Robô Cloud Ginger foi usado durante a epidemia de coronavírus na China - Reprodução
Robô Cloud Ginger foi usado durante a epidemia de coronavírus na China Imagem: Reprodução

Thiago Varella

Colaboração para Tilt

29/03/2020 04h00

Com o aumento no número de casos de coronavírus nos Estados Unidos, os americanos estão buscando soluções robóticas para limitar o contato de pessoas saudáveis com os pacientes infectados. O robô Cloud Ginger é capaz de, por exemplo, trocar a roupa de cama ou medir a temperatura de pacientes.

O Cloud Ginger, também conhecido como XR-1, tem um aspecto meio humano, mas ao mesmo tempo, não se parece exatamente com uma pessoa. Isso é proposital. A ideia é a de fazer com que as pessoas sintam-se acolhidas por ele, sem se sentirem desconfortáveis.

A empresa americana CloudMinds, fabricante do Cloud Ginger, doou 14 humanoides para ajudar no hospital de campanha de Wuchang, na província de Hubei —a mesma onde fica Wuhan, local onde surgiu os primeiros casos do novo vírus.

"Quando projetamos o robô de serviço XR-1 Cloud Ginger, esperávamos criar um design emocionalmente intuitivo para se conectar com os consumidores, além de quebrar a barreira entre humanos e a frieza da tecnologia e das máquinas", afirmou Bill Cui, gerente de design industrial da CloudMinds, em entrevista ao site Fast Company.

Cloud Ginger tem olhos grandes, um sorrisinho na boca e um visual que lembra o de um desenho animado. Seu peito e seus braços são cobertos com um tecido, não apenas para dar mais, digamos, calor, mas também para resolver um problema de dissipação de calor e melhorar a amplitude de movimentos do robô.

O humanoide também é craque em interagir com humanos. Cloud Ginger simula o modo de falar de qualquer pessoa, gesticulando os braços durante um bate-papo e fazendo contato visual. Até a voz do robô foi projetada para se aproximar do padrão humano.

Uma das funções do robô é a de fazer companhia aos doentes de covid-19 que estão isolados, sem contato com outros humanos. Por isso, Cloud Ginger é capaz de dançar e de estimular a prática de exercícios físicos simples, como alongamentos.

Segundo Bill Cui, o robô funciona 24 horas por dia e foi capaz de reduzir o desgaste da equipe médica do hospital de campanha de Wuchang, onde foi empregado.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS