Topo

Apple quer usar iPhone ou Apple Watch para chave de seu carro autônomo

Ideia da patente da Apple é usar o Bluetooth e frequências de rádios mais curtas - Estúdio Rebimboca/UOL
Ideia da patente da Apple é usar o Bluetooth e frequências de rádios mais curtas Imagem: Estúdio Rebimboca/UOL

De Tilt, em São Paulo

02/12/2019 18h39

Patente registrada em 2018, e revelada na semana passada, mostra a intenção da Apple de criar um sistema para destravar o veículo que vem sendo desenvolvido pela empresa por meio do iPhone ou Apple Watch, segundo informações publicadas pelos sites Apple Insider e iMore.

A ideia, de acordo com as publicações, usaria o Bluetooth e frequências de rádios mais curtas (ultra-wideband, UWB).

Os dispositivos poderiam se comunicar com segurança com o carro, autenticar sua identidade e, em seguida, destrancar as portas em tempo hábil. Também podem ser usados para acender as luzes, o motor, o aquecedor ou, talvez, para fornecer informações do Apple Car ao dispositivo.

Os sites listam ainda a possibilidade do pai configurar o aparelho do filho para conceder acesso somente à parte traseira do veículo, e não dar partida no motor, por exemplo.

Em 2015, a Apple contratou uma série de profissionais com experiência em carros autônomos e elétricos e levantou a suspeita da criação de um veículo que reuniria as duas características.

Três anos depois, a empresa fundada por Steve Jobs contratou Doug Field, então vice-presidente de engenharia da Tesla, para chefiar o chamado "Projeto Titan", o futuro sistema de carros auto-guiados, junto com Bob Mansfield.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

Apple