PUBLICIDADE

Topo

De cartão a investimentos: o que os bancos estão fazendo para atrair gamers

Cartão de crédito Credicard com skin de Assassin"s Creed: desconto em jogos da Ubisoft - Divulgação/Credicard
Cartão de crédito Credicard com skin de Assassin's Creed: desconto em jogos da Ubisoft Imagem: Divulgação/Credicard

Por Julia Moioli

Colaboração para o START

06/09/2021 04h00

Não é novidade que os bancos estão de olho no universo gamer há um bom tempo. O next, por exemplo, é parceiro do Nobru (campeão de Free Fire) e do FalleN (bicampeão mundial de Counter Strike). O Itaú apoia o Flakes Power (criador de conteúdo de Fortnite) e a Loud (equipe de Free Fire). Já o Santander se concentra na Liga Brasileira de Free Fire e na equipe Fúria (Counter Strike). E o Banco do Brasil até criou a BB Game Series.

Mas agora essas instituições financeiras também aproveitam o engajamento dos jogadores comuns. Confira alguns dos principais produtos e benefícios criados para o público gamer.

BANCO DO BRASIL

A Pesquisa Game Brasil (PGB) 2021 apontou o BB como a instituição financeira mais conhecida entre o público gamer brasileiro. "O banco vê um grande potencial na modalidade", afirma Paula Sayão, diretora de marketing e comunicação.

A plataforma #TamoJuntoNesseGame (www.tmjnessegame.com.br/), em parceria com a Visa, reúne informações sobre eventos de eSports apoiados pelo BB e sobre os produtos financeiros oferecidos a quem joga.

Um deles é um cartão digital sem anuidade (para compras a partir de R$ 100 no mês) para clientes KaBuM!. Ele dá aprovação rápida de crédito e deixa parcelar as compras na loja em até 24 vezes.

Outro é a oferta de descontos em sites parceiros nas compras com cartões Ourocard Visa (de pessoas físicas e na função crédito) e um cashback de R$ 50 na fatura para quem fizer uma compra acima de R$ 300 nas lojas Microsoft Store, Nintendo Game Store e PlayStation Store. Se estiver a fim de participar, cadastre-se na plataforma Vai de Visa. Vale até 2 de junho de 2022.

Para despertar o interesse do público jovem por investimentos e ampliar as opções do banco, o BB lançou também um novo fundo de ações temático: o Fundo BB Ações Games BDR Nível I. A aplicação inicial é de R$ 0,01, e dá para investir por meio do app BB, do app Investimentos BB e do Internet Banking.

Mas um dos produtos mais úteis é o BB Consórcio Gamer, para adquirir bens com valores entre R$ 4 mil e R$ 11 mil, como computadores, consoles, kit headset e kit driving. O prazo para pagar é de até 48 meses e não há juros ou taxa de adesão.

SANTANDER

O Santander segue a mesma linha, com o Consórcio Gamer Santander, a partir de R$ 5 mil. "O real desvalorizou 30%, e os preços de qualquer periférico útil ao gamer explodiram", diz Igor Puga, diretor de marketing e marca. "O consórcio é uma boa alternativa porque não tem juros e tem taxa de administração baixa."

INTER

Aposta no cashback, que é o dinheiro de volta na conta, para todos os gift cards relacionados ao mundo dos games. As opções são Nintendo Cartões eShop; Sony PlayStation; Steam; Minecraft; Xbox; Rixty Steam; Xbox Game Pass Ultimate; e Playstation Plus. Também há cashback na sua própria plataforma de eCommerce, o Inter Shopping, que vende consoles, jogos, controles, headsets, cadeiras, monitores, mouses e teclados gamers.

NEXT

Desde 2019, dá aos clientes gamers descontos e ofertas em diversas marcas, como Fluxo (30% off), Razer (20% off), Xbox (10% off), Playstation (10% off), Multilaser (20% off), Hype Games e FalleN Store (até 15% off).

"Tudo isso impulsiona o engajamento desse público: só de janeiro a maio deste ano, registramos um crescimento de 78% nos resgates de cupons de games da nossa plataforma de Mimos", conta Paulo Aguiar, head de marketing.

CREDICARD

Em parceria com a Ubisoft, a Credicard oferece cartões temáticos de Assassin's Creed Valhalla e Just Dance. Além da arte exclusiva, o cartão dá 10% de desconto em jogos da Ubisoft Store pela Loja de Benefícios do app.

Tantos benefícios para quem é gamer só deixam mais claro o enorme potencial do mercado, que é a maior indústria de entretenimento do planeta e deve faturar mais de US$ 140 bilhões este ano. E do Brasil, que tem cerca de 67 milhões de jogadores.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol?
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol