PUBLICIDADE

Topo

E3 em retrospectiva: Os principais anúncios de cada edição desde 1995

Divulgação
Imagem: Divulgação

Daniel Esdras

Do GameHall

11/06/2021 04h00

A edição 2021 da E3 começa neste sábado (12) e, claro, estamos todos ansiosos! E não é para menos. A feira sempre foi o palco principal para revelações bombásticas, grandes momentos e trailers de jogos inesquecíveis.

Por isso, decidimos revisitar essa história, desde 1995. Confira esta linha do tempo com os principais anúncios de todas as edições.

E, para saber mais sobre as novidades do evento este ano, fique ligado aqui no Start UOL e também nos nossos canais no YouTube e na Twitch, onde faremos lives acompanhando e comentando as principais conferências, com convidados especiais. Confira a agenda completa.

E3 1995

Primeiro PlayStation - Mattia Panizzolo/Artstation - Mattia Panizzolo/Artstation
Imagem: Mattia Panizzolo/Artstation

A primeira edição da E3 marcou história não só pelo seu próprio nascimento, mas também pela importância de seus anúncios. A Sega trouxe o seu poderoso console para o ocidente, o Sega Saturn. Já a Sony mostrou pela primeira vez ao mundo o Playstation. Com um preço competitivo, o console da Sony encantou uma geração e se tornou o sucesso que todos conhecemos.

Os jogos mais marcantes apresentados na edição foram: Chrono Trigger, Twisted Metal, Rayman, Resident Evil, Blood Omen: Legacy of Kain, Earthbound e vários outros que fizeram o evento se consagrar como o principal da indústria.

E3 1996

Super Mario 64 - Reprodução - Reprodução
Super Mario 64
Imagem: Reprodução

O destaque ficou por conta da Nintendo, que recentemente havia anunciado o Nintendo 64 no Japão e, finalmente, o apresentou ao ocidente. O evento contou com a inesperada participação do Cirque du Soleil. O grande trunfo foi a revelação de Super Mario 64, que definiu todo um gênero e influenciou dezenas de jogos no futuro.

A Sega já apresentava os sintomas do fracasso do Sega Saturn e viu a Sony reduzir ainda mais o preço do PS1. Ela até tentou correr atrás do prejuízo, cortando o preço do console no dia seguinte, mas o estrago já estava feito desde o ano anterior. Panzer Dragoon 2 e Sonic X-treme foram os destaques dentre os jogos anunciados pela empresa.

Já a Sony aproveitou o sucesso para anunciar jogos que marcaram época: Tomb Raider, Crash Bandicoot e uma primeira visão de Final Fantasy VII.

E3 1997

Helf-Life - Reprodução - Reprodução
Half-Life (PC)
Imagem: Reprodução

O evento foi um paraíso para os amantes de FPS: Half-Life, Quake 2, Daikatana, Unreal e o mitológico GoldenEye 007 deram as caras deixaram os fãs de várias plataformas em êxtase.

Considerada uma das melhores edições da E3 de todos os tempos, tivemos o anúncio de vários jogos que, futuramente, se tornaram clássicos: Metal Gear Solid em uma apresentação fechada, Tomb Raider 2, Banjo-Kazooie, Star Fox 64, o primeiro jogo da franquia Fallout, novidades sobre Final Fantasy VII e muito mais.

Os jornalistas também tiveram uma pequena amostra do que seria The Legend of Zelda: Ocarina of Time. Além disso, a Sony também apresentou seu novo controle, com dois analógicos, que virou um padrão até hoje seguido em diversas plataformas.

E3 1998

The Legend of Zelda: Ocarina of Time - Reprodução - Reprodução
The Legend of Zelda: Ocarina of Time
Imagem: Reprodução

A Nintendo foi dona da conferência com o anúncio de The Legend of Zelda: Ocarina of Time, que estava quase completo. A recepção foi incrível e o jogo se tornou um clássico atemporal, até hoje considerado um dos melhores jogos já produzidos.

A Sony também teve destaque na feira, principalmente com o anúncio de Gran Turismo, que chocou a comunidade pela qualidade gráfica. Já a Sega apresentava uma prévia do que seria o Dreamcast - em apresentação com portas fechadas, mostrou o potencial de seu novo hardware e surpreendeu muitos. No entanto, isso também mostrou que o Saturn estava com os dias contados, decepcionando muitos fãs.

Outro destaque do evento foi Half-Life, que estava quase pronto e deixou desenvolvedores de boquiabertos com tanta qualidade. Medievil, Final Fantasy VIII, Parasite Eve, Diablo 2 e Baldur's Gate são outros jogos que fizeram sucesso.

E3 1999

Dreamcast - Divulgação / Sega - Divulgação / Sega
Sega Dreamcast
Imagem: Divulgação / Sega

Estávamos próximos da mudança de geração. Assim, PlayStation 2, Dreamcast e GameCube começavam a dar sinais de vida. A Sega saia na frente, pois já havia mostrado seus planos no ano anterior, revelou o console e ganhou destaque na conferência. Entre os anúncios de jogos estavam The House of the Dead 2 e Soul Calibur. Ambos pareciam muito superiores aos jogos da atual geração, principalmente no quesito qualidade gráfica.

A Nintendo revelou sua parceria com a IBM para a próxima geração. No entanto, a empresa manteve o foco no Nintendo 64, apresentando o maravilhoso Perfect Dark e Donkey Kong 64.

Por fim, a Sony começou a revelar o PlayStation 2, mas apresentou grandes anúncios para o PS1. Enquanto isso, Final Fantasy VII ganhou nova apresentação e Crash Team Racing chamou a atenção da comunidade.

E3 2000

Metal Gear Solid 2 - Reprodução - Reprodução
Metal Gear Solid 2
Imagem: Reprodução

Dominada por Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty, esta E3 ficou marcada pelos gráficos do novo console da Sony. A concorrência para assistir à apresentação entrou para a história, assim como a qualidade dos jogos apresentados no início da nova geração.

A Sega revelou Samba de Amigo, que até atraiu muitos olhares, mas acabou não conseguindo chamar a atenção que gostaria do público. Já a Nintendo ainda não havia lançado o GameCube e mostrou bons jogos para Nintendo 64, como Conker's Bad Fur Day e The Legend of Zelda: Majora's Mask. Outro grande destaque foi a performance do Game Boy, que comemorava suas vendas massivas ao redor do mundo.

E3 2001

Nintendo Gamecube - Reprodução/Tecnoblog - Reprodução/Tecnoblog
Nintendo Gamecube
Imagem: Reprodução/Tecnoblog

Foi marcada pelos lançamentos de hardware: Game Boy Advance, GameCube e a estreia da Microsoft no mercado de consoles com o anúncio do primeiro Xbox. O Dreamcast já perdia o fôlego e o PlayStation 2 continuava a bater recordes de venda.

A Sega revelou Sonic Adventure 2 em seu estande, que mostrava o fim da jornada do Dreamcast. A Microsoft apostou alto em Halo e mostrou jogos como Dead or Alive 3 e Onimusha rodando em seu novo console. Já a Sony divulgou seus poderosos parceiros, revelando mais detalhes de Metal Gear Solid 2, Jak and Daxter, Devil May Cry e Kingdom Hearts.

Enquanto isso, a Nintendo deu show com as empolgantes demos no GameCube e o sempre carismático Shigeru Miyamoto. Pikmin, Super Smash Bros. Melee, Luigi's Mansion, Metroid Prime e até uma demo de um novo Zelda foram mostrados. Os fãs foram ao delírio com tantos anúncios.

E3 2002

Doom 3 - Reprodução - Reprodução
Doom 3
Imagem: Reprodução

Após quase 10 anos sem novidades de Doom, o principal assunto da conferência de 2002 foi a revelação de Doom 3. Desenvolvido em uma nova engine, o clássico chamou a atenção pelos seus gráficos e aspecto sombrio, bem diferentes dos anteriores.

A Nintendo continuou seu bom momento, mostrando The Legend of Zelda: The Wind Waker, Metroid Prime, Super Mario Sunshine, Star Fox Adventures, Mega Man Zero, Resident Evil 0 e muito mais.

SOCOM: U.S. Navy SEALs, Ratchet & Clank e Sly Cooper foram algumas das cartadas da Sony.

Por fim, a Microsoft apresentou pela primeira vez a Xbox Live. Já entre os jogos mostrados no estande da gigante americana, estavam Psychonauts, Age of Mythology e uma versão de Counter Strike.

E3 2003

Half-Life 2 - Divulgação / Valve - Divulgação / Valve
Half-Life 2
Imagem: Divulgação / Valve

A Sony finalmente decidiu entrar no mercado de consoles portáteis: a revelação do PSP prometia uma dura competição com a Nintendo. Enquanto isso, Ratchet & Clank: Going Commando, Gran Turismo 4 e Jak 2 foram destaques para o PS2.

No entanto, a grande sensação foi Half-Life 2, que novamente deixou todo mundo de queixo caído e ganhou o prêmio de jogo mais aguardado. Só que a franquia da Valve não teve vida fácil - a apresentação de Metal Gear Solid 3 repercutiu e a de Halo 2, da Microsoft, mostrou um jogo que se tornaria um dos maiores da história, principalmente nos EUA.

Terminando um grande ano para a E3, Resident Evil 4, conferimos o primeiro teaser de Fable, Pikmin 2 e Prince of Persia: The Sands of Time.

E3 2004

God of War PS2 - Reprodução - Reprodução
God of War, lançado inicialmente no PS2 e depois apareceu no PS3.
Imagem: Reprodução

Foi um evento mais tranquilo e muitos dos destaques eram jogos já anunciados anteriormente, como Half-Life 2 e Doom 3. Ainda assim, tivemos vários anúncios interessantes, principalmente de novas franquias.

The Legend of Zelda: Twilight Princess recebeu seu primeiro teaser, que enlouqueceu os fãs da franquia. Enquanto isso, a Sony revelou God of War pela primeira vez na história, chamando atenção pela sua ambientação e jogabilidade. Halo 2 impressionava e conquistava o público no Xbox.

A Sony não conseguiu apresentar o PSP na conferência, o que esfriou a prometida guerra de portáteis. Já a Nintendo trouxe o Nintendo DS e logo relacionou Shigeru Miyamoto aos jogos que seriam lançados para o portátil.

E3 2005

Consoles em 2005 - Reprodução - Reprodução
Consoles: Xbox 360, PlayStation 3 e Nintendo Wii
Imagem: Reprodução

Em 2005 o mundo se encantava com o surgimento de uma nova geração: PlayStation 3, Wii e Xbox 360 eram mostrados pela primeira vez.

O Xbox 360 foi apresentado sem muito conteúdo, com demos que não estavam à altura do esperado. O destaque ficou para a revelação da franquia Gears of War e a aparição de Perfect Dark Zero.

Enquanto isso, a Sony impulsionou o PS3 com várias demos empolgantes. Alguns decepcionaram depois, como Killzone 2 e Motorsport, que sofreram com downgrades. Porém, Metal Gear Solid 4 empolgou e cumpriu as expectativas dos fãs de Hideo Kojima.

Já a Nintendo mostrou o Wii somente para jornalistas, em um evento com portas fechadas. Até então chamado de Revolution, o console prometia clássicos, como Mario e Metroid, de formas nunca antes vistas, além de um controle completamente remodelado.

Spore, Age of Empires 3 e Battlefield 2 foram os grandes destaques para PC.

E3 2006

Gears Ultimate Edition - Divulgação - Divulgação
Gears of War: Ultimate Edition
Imagem: Divulgação

A Microsoft chegou com tudo, mostrando que seria uma bela concorrência para o PS3 (como de fato foi). Mass Effect, BioShock, Gears of War, Fable 2, Forza Motorsport 2, Alan Wake, Blue Dragon e Viva Piñata foram apenas algumas das demos do ano. Além disso, o console contou com o marketing de Assassin's Creed, que iria ganhar seu primeiro jogo em breve. GTA IV foi confirmado para o console e Final Fantasy XIII marcou a primeira vez que um jogo da franquia deu as caras em um console da Microsoft. Histórico!

A Sony teve um começo mais lento do que o esperado. Seu console ainda não estava no mercado e a empresa apostou em jogos com gráficos impressionantes: Heavenly Sword e Warhawk são dois exemplos. Em uma demo inesperada, a Naughty Dog apresentou um projeto muito diferente de Jak e Crash: era o nascimento da franquia Uncharted.

Por fim, a Nintendo ganhou atenção com a apresentação do novo Nintendo Wii. Super Mario Galaxy, Metroid Prime 3 e outros jogos fizeram sucesso na feira e alavancaram aquele que seria um dos consoles mais vendidos de todos os tempos.

E3 2007 e 2008

Fallout 3 - Reprodução - Reprodução
Fallout 3
Imagem: Reprodução

A ESA, empresa que organiza a E3, resolveu diminuir o tamanho do evento em 2007 e 2008. Focada apenas nos negócios e na imprensa, as duas edições foram menores e saíram de Los Angeles, indo para Santa Monica.

Enquanto isso, a sétima geração estava a todo vapor e mais jogos estavam chegando aos consoles. Wii Fit, Mario Kart Wii e Super Smash Bros. Brawl foram os destaques da Nintendo no período.

Já a Sony buscava alavancar as vendas do PS3 com Metal Gear Solid IV e Uncharted. Além disso, a empresa mostrou pela primeira vez Infamous, Resistance 2 e Gran Turismo 5. A PSN foi finalmente lançada para competir no mercado online, cada vez mais presente nos games.

Por fim, a Microsoft emplacou jogos third e first party que deram o que falar. Halo 3, Gears of War 2, Fallout 3 e até Call of Duty: Modern Warfare. Além disso, em 2008 ela transmitiu pela primeira vez através da Xbox Live.

E3 2009

Franquia Halo - Divulgação/Xbox - Divulgação/Xbox
Halo: Reach
Imagem: Divulgação/Xbox

Mais um ano da sétima geração, mais um show da Microsoft. Dessa vez, o que chocou o mundo foi Hideo Kojima subindo no palco da gigante norte-americana para anunciar que Metal Gear Rising: Revengeance iria chegar ao Xbox. Além disso, teve anúncio de Halo: Reach, Forza Motorsport 3, Left 4 Dead e do misterioso Project Natal, que mais tarde viraria o Kinect.

A Sony apostou bastante em hardware ao mostrar o PSP GO e um controle com sensor de movimento para o PS3 semelhante ao do Nintendo Wii, o PS Move. Além disso, tivemos o anúncio de God of War 3, Uncharted 2 e outros jogos empolgantes. No entanto, a companhia decepcionou ao não reduzir o preço do PS3, que era mais caro que o console da concorrência.

Já a Nintendo tentava fazer uma E3 melhor que a de 2008, considerada bem fraquinha. Metroid: Other M e Super Mario Galaxy 2 foram os grandes destaques da Big N.

E3 2010

Killzone 3 - Reprodução - Reprodução
Killzone 3
Imagem: Reprodução

A Sony viu seu console crescer com vários exclusivos de peso dos últimos dois anos e dominava o mercado. Em 2010, a empresa trouxe sequências esperadas pelos fãs: Infamous 2, Killzone 3, LittleBigPlanet 2, God of War: Ghost of Sparta, Patapon 3 e vários outros títulos. Além disso, o PS Move seguiu ganhando destaque.

A Microsoft não ficou atrás de apresentou boas sequências, como Fable 3, Gears of War 3 e mostrou mais informações sobre Halo Reach. O maior destaque ficou por conta do Kinect, já mais robusto e com trailers que impressionaram.

Já a Nintendo continuava a municiar bem o 3DS e o Wii. O 3DS já era uma realidade, mas poucas pessoas puderam vê-lo na conferência. Para o Wii, os grandes destaques foram Donkey Kong Country Returns e Kirby's Epic Yarn.

E3 2011

Bioshock Infinite - Divulgação - Divulgação
Bioshock Infinite
Imagem: Divulgação

A E3 de 2011 foi o paraíso para quem ama videogames. Olha só essa lista de anúncios: BioShock Infinite, Tomb Raider, The Elder Scrolls V: Skyrim, Batman: Arkham City, Hitman: Absolution, Mass Effect 3, The Legend of Zelda: Skyward Sword, Uncharted 3: Drake's Deception, Battlefield e Super Mario 3DS.

A Nintendo apresentou pela primeira vez o Wii U, novamente em portas fechadas, com uma demo simples, mas que mostrava algumas novidades do console. Já a Sony impressionou com a qualidade do PS Vita, que era leve, poderoso e muito responsivo.

E3 2012

The Last of Us - Divulgação/Sony - Divulgação/Sony
The Last of Us
Imagem: Divulgação/Sony

Em 2012, a sétima geração de consoles chegava ao seu fim, mas ainda foi responsável por jogos que chamaram a atenção, principalmente por parte Ubisoft. Far Cry 3, gameplay de Halo 4, Gears of War: Judgment, Tom Clancy's Splinter Cell: Blacklist, Forza Horizon e Resident Evil 6 são alguns exemplos.

Watch Dogs chegou prometendo ser revolucionário e convenceu muita gente. Mas sabemos que a história foi diferente.

Já na conferência da Sony, um jogo ganhou todas as atenções da feira: The Last of Us. O lançamento da Naughty Dog mostrou um gameplay refinado e uma qualidade gráfica que nem parecia daquela geração.

Por fim, a Nintendo revelou oficialmente o Wii U e fez a alegria dos fãs com o anúncio de Super Mario Bros U.

E3 2013

Executivos do PlayStation - Reprodução/Youtube/PlayStation - Reprodução/Youtube/PlayStation
Imagem: Reprodução/Youtube/PlayStation

No ano de início da oitava geração de consoles, PlayStation 4 e Xbox One foram apresentados de maneiras bem distintas. Enquanto o PS4 apostou no tradicional, oferecendo facilidades para os jogadores, o Xbox One apostou em um pacote multimídia, acesso sempre online e Kinect, o que resultou em um console mais caro. O resultado a gente já conhece.

A conferência também ficou conhecida por um meme que até hoje é lembrado, onde executivos da Sony mostravam como era fácil trocar jogos físicos no PS4.

Call of Duty: Ghosts, Death Rising 3, Dark Souls 2, The Order: 1886, Ryse: Son of Rome, Assassin's Creed IV: Black Flag, Bayonetta 2, Final Fantasy XV, Kingdom Hearts III, The Witcher 3: Wild Hunt e muito outros também foram anunciados.

E3 2014

Uncharted 4 - Reprodução - Reprodução
Uncharted 4
Imagem: Reprodução

A Sony revelou Uncharted IV pela primeira vez e chocou a comunidade com gráficos impressionantes em um teaser de dois minutos. LittleBigPlanet 3 também foi bem recebido.

Enquanto isso, a Microsoft apostou alto em Rise of the Tomb Raider como exclusivo temporário, também mostrando excelentes gráficos. Além disso, Scalebound era um inesperado projeto, que infelizmente nunca foi lançado.

Por fim, a Nintendo mostrou Captain Toad: Treasure Tracker e Star Fox para Wii U, mas o console já parecia dar sinais de fraqueza perante os concorrentes.

E3 2015

FFVII Remake - Reprodução - Reprodução
Final Fantasy VII Remake
Imagem: Reprodução

A PC Gaming Show ganhou vida em 2015, com um novo formato de entrevistas e com menos anúncios, ganhando um espaço cativo desde então.

Várias novidades interessantes deram as caras no ano, como Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, Fallout 4 e The Witcher 3: Wild Hunt.

Além disso, a Sony fez uma E3 histórica. Final Fantasy VII Remake, The Last Guardian, Shenmue 3, Horizon Zero Dawn e muitos outros exclusivos fizeram dessa uma das conferências mais celebradas da história da empresa.

Enquanto isso, a Microsoft anunciava a retrocompatibilidade com o 360. Já entre os lançamentos, estavam Recore, Forza Motorsport 6, Halo 5: Guardians e Sea of Thieves.

Já a Nintendo apresentou um show mais morno, com destaque para Hyrule Warriors, Super Mario Maker e Yoshi's Woolly World.

E3 2016

God of War PS4 - Divulgação - Divulgação
God of War para PS4
Imagem: Divulgação

Se, durante a sétima geração a Microsoft emplacou várias E3 fenomenais, a oitava foi dominada pela Sony. Em 2016, o gameplay de God of War foi algo de outro mundo - Cory Barlog, diretor do jogo, jogou diretamente no palco para toda a plateia. Spider-Man, outro exclusivo, também foi anunciado. Detroit e gameplays de jogos anunciados nos anos anteriores completaram o ótimo evento.

A Microsoft deu o primeiro vislumbre do que seria o Xbox One X. Dentre os jogos, poucos exclusivos novos: State of Decay 2, Dead Rising 4 e Halo Wars 2 foram os destaques.

Por fim, a Nintendo mostrou The Legend of Zelda: Breath of the Wild em um curto teaser que empolgou o mundo todo. Pokémon Sun e Moon também deram as caras.

E3 2017

Spider-Man PS4 - Reprodução - Reprodução
Spider-Man nos consoles PlayStation
Imagem: Reprodução

Neste ano, os grandes destaques da E3 foram gameplays de jogos revelados nos anos anteriores, como Spider-Man. Mas tivemos boas surpresas, como o remake de Shadow of the Colossus.

Monster Hunter: World, Days Gone, Assassin's Creed Origins, Forza Motorsport 7, Cuphead, Anthem e outros jogos também chamaram a atenção.

Além disso, finalmente surgiu o Xbox Game Pass!

Enquanto isso, após mostrar o Switch no final de 2016, a Nintendo deu as caras no formato das Directs. Super Mario Odyssey, um teaser de Metroid Prime 4, DLC de The Legend of Zelda: Breath of the Wild e vários outros anúncios da empresa foram muito bem recebidos.

E3 2018

The Last of Us Part 2 - Reprodução - Reprodução
The Last of Us Part II (consoles PlayStation)
Imagem: Reprodução

Cyberpunk 2077 foi um dos destaques da E3 de 2018 após anos sem nenhuma novidade - o hype, como você já sabe, foi enorme.

Além disso, The Division 2, Devil May Cry 5, Forza Horizon 4, Death Stranding, Resident Evil 2 Remake, Ghost of Tsushima e vários outros anúncios fizeram bonito. Na conferência da Sony, The Last of Us 2 apareceu pela primeira vez com uma qualidade visual fora do comum, rapidamente se tornando o jogo mais comentado do momento.

A Nintendo finalmente revelou a data de lançamento de Super Smash Bros. Ultimate e anunciou Super Mario Party para Switch.

E3 2019

Keanu Reeves E3 - Chistian Petersen/AFP - Chistian Petersen/AFP
Imagem: Chistian Petersen/AFP

Foi uma E3 fragilizada por diversos problemas administrativos e um formato considerado ultrapassado. Assim, a Sony e algumas publishers, como a EA, deixaram de comparecer. Além disso, a própria Nintendo já se apresentava de uma maneira diferente, através de suas Directs.

Enquanto isso, o Game Pass se tornava uma potência e a Microsoft continuou com sua postura agressiva, adquirindo estúdios para criar conteúdo para o serviço - a Double Fine foi o anúncio desse ano. Além disso, o Xbox Game Pass foi anunciado para o PC.

Ori and the Will of the Wisps, Elden Ring, Microsoft Flight Simulator, Halo Infinite, Battletoads e mais informações sobre Gears 5 foram destaque. Keanu Reeves subiu no palco da E3 para aumentar ainda mais a expectativa sobre Cyberpunk - que saudades de achar que seria um jogo inesquecível.

A nova geração começava a se tornar realidade com o anúncio do Project Scarlett, que seria o Xbox Series X no futuro.

Star Wars Jedi: Fallen Order e o surpreendente anúncio da sequência de The Legend of Zelda: Breath of The Wild fecharam a E3, que foi a última realizada, uma vez que em 2020 ela foi cancelada por conta da pandemia de Covid-19.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol