PUBLICIDADE

Topo

Games em VR: espaço em São Paulo vai de Beat Saber a jogos nacionais

Beat Saber é um dos jogos mais divertidos, e simples, em realidade virtual - Divulgação
Beat Saber é um dos jogos mais divertidos, e simples, em realidade virtual Imagem: Divulgação

Makson Lima

Colaboração para o START

31/01/2020 04h00

Beat Saber é um jogo de ritmo, música e sabres de luz em realidade virtual que figura entre os mais vendidos da PlayStation Network com certa frequência. Ele também é um dos meus preferidos, e por isso achei incrível ver crianças se divertindo com ele assim que cheguei para conhecer a unidade móvel do Voyager, no Shopping Eldorado, em São Paulo.

O espaço é uma instalação modular totalmente dedicada a realidade virtual. Abriu as portas no Eldorado em janeiro e ficará lá por mais dois meses, para depois seguir caminho e levar essa tecnologia para outros lugares. O START conversou com os idealizadores do espaço e testou algumas de suas experiências, incluindo os games brasileiros Y.U.K.I. e Pixel Ripped 1989.

Voyager Eldorado - Divulgação - Divulgação
Instalação modular da Voyager no Shopping Eldorado tem clássicos da realidade virtual e criações nacionais
Imagem: Divulgação

Sem medo do VR

Rodrigo Terra - Divulgação - Divulgação
"A realidade virtual deixou de ter a resistência de antes", diz Rodrigo Terra, da Voyager
Imagem: Divulgação
"Nosso objetivo é estender o acesso à realidade virtual ao grande público, e não só ao público gamer. É mostrar que há experiências interativas em realidade virtual extremamente diversificadas", diz Rodrigo Terra, cofundador e Chief Technology Evangelista do Voyager. "Como é jogar sem a necessidade de tela? A Realidade Virtual é um ecossistema que funciona por si só, e a ideia é tornar as coisas ainda mais acessíveis quanto a forma como se interage com o jogo", acrescenta.

A Voyager, que há alguns anos conta com unidades fixas em outros dois shoppings de São Paulo e também em Curitiba, promove diversas experiências em realidade virtual, não se limitando a jogos. "O público de hoje e o público de alguns anos atrás... já não é mais o mesmo. A realidade virtual deixou de ter a resistência de antes, está se tornando algo mais próximo a realidade de mais pessoas", explica Rodrigo.

Ele também ministra palestras sobre realidade virtual, além de viajar a outros países para conhecer novidades sobre a tecnologia.

Criações nacionais

Pixel Ripped 1989, da game designer Ana Ribeiro, é uma das atrações dessa unidade móvel do Voyager. Ele foi produzido pelo estúdio ARVORE, e uma continuação deve chegar ainda este ano, no primeiro semestre.

Voyager 2Go - Divulgação - Divulgação
Realidade virtual também é divertido para quem está assistindo
Imagem: Divulgação
Além de Pixel Ripped 1989, a unidade da Voyager no Shopping Eldorado conta com Beat Saber, Job Simulator e Superhot VR, entre outros.

Meu maior interesse era por Y.U.K.I, um bullet hell em realidade virtual. "As mecânicas foram modificadas para se adaptar a esse novo mundo de jogo, mas quem conhece o gênero vai identificá-lo de imediato", explica Rodrigo. E foi exatamente isso.

Tive tempo para me adaptar ao quarto daquela garotinha fascinada por animes, mas também por cereal, e foi dentro da caixa de papelão que encontrei meu bilhete dourado para começar o jogo. Uma navinha e seu acessório, uma espécie de escudo.

"Ao contrário de muitos jogos que fazem da Realidade Virtual uma opção, a ARVORE faz dessa forma de jogar, seu centro. Queremos que nossas produções, feitas aqui, sejam reconhecidas internacionalmente, que tenham esse apelo universal" reforçou Rodrigo. Pude comprovar como Y.U.K.I. e Pixel Ripped 1989 se encaixam perfeitamente nessa definição, pois simplesmente não existiriam fora da realidade virtual.

No caso do bullet hell, fiquei impressionado em como o frenesi característico do gênero foi transportado para essa nova forma de jogar, criando algo tão revigorante quanto reconhecível.

Voyager 2GO Shopping Eldorado
Av. Rebouças, 3970 - Pinheiros, São Paulo/SP
Dias e horários: De segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingo, das 11h às 20h
Idade: acima de 10 anos