PUBLICIDADE
Topo

Silvio Santos vetou exibição de especial de 85 anos por superstição

Silvio Santos vetou especial por superstição - Divulgação/SBT
Silvio Santos vetou especial por superstição Imagem: Divulgação/SBT
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

16/12/2015 11h57

Causou grande decepção nos corredores do SBT o veto de Silvio Santos à exibição do especial em comemoração a seus 85 anos.

O especial deveria ter sido exibido no último fim de semana no SBT e fora preparado durante meses por uma equipe comandada pela diretora Leonor Corrêa. Nele, havia depoimentos de vários artistas da casa e de outras emissoras em homenagem ao "patrão".

Somente agora soube-se o porquê do veto de Silvio ao especial: supersticioso, o dono do SBT achou que a exibição de um especial desse tipo atrairia azar para ele.

Em outras palavras, Silvio achou que seria mau agouro exibir um programa contando sua carreira porque, para ele, essa carreira ainda está longe de terminar. 

Uma fonte próxima ao apresentador revelou a esta coluna que ele achava que exibir o especial poderia ser uma forma de dizer que sua carreira estava acabada, e mesmo que poderia "atrair a morte".

Além da superstição, é preciso dizer que Silvio também é avesso a badalações, e já havia a possibilidade desde o princípio de que ele não iria permitir a exibição do especial de 85 anos, conforme esta coluna antecipou em novembro.

Silvio porém assistiu ao especial em sua casa, e segundo a família ficou muito emocionado com os testemunhos. Mas manteve o veto. Por enquanto.

Histórico de crenças

Silvio sempre foi um tanto supersticioso e não é a primeira vez que ele barra as coisas por causa disso.

Durante décadas ele se negou a dar entrevistas a jornalistas porque tinha certeza que, se desse a entrevista, iria morrer. Chegou a falar isso até em programas.

"Prometi (a mim mesmo) nunca dar entrevistas porque se eu der, eu morro."

Anos atrás, quebrou a própria promessa e começou a falar com jornalistas esporadicamente. No ano passado, inclusive, recebeu em sua casa, em Orlando, uma equipe da revista "Veja". 

E notem que o apresentador continua vivinho da silva e em muito boa forma.

(Nota da coluna: Portanto a superstição era infundada. Libere o documentário, Silvio!)

E você, leitor, gostaria de ver o documentário sobre os 85 anos de Silvio Santos? Deixe sua opinião no sistema de comentários logo abaixo.