Conteúdo publicado há 20 dias

TV italiana cita Rodrigo Faro em matéria sobre corrupção de cidadania

Rodrigo Faro, 50, foi citado pelo canal italiano RaiNews em uma reportagem sobre um esquema ilegal de obtenção de cidadania italiana.

O que aconteceu

Segundo a reportagem, o apresentador brasileiro teria tentado comprar a cidadania italiana por meio de um esquema de corrupção. Além de Faro e sua mulher, Vera, foram citados o jogador de futebol brasileiro Bruno Duarte, do time português Farense, e outros empresários brasileiros.

Seis pessoas foram presas na cidade de Villaricca na madrugada: dois brasileiros e quatro funcionários públicos. Eles foram acusados de associação criminosa para corrupção e falsificação de documentos públicos.

O esquema supostamente falsificava o reconhecimento de residência na cidade de Vilaricca para obtenção da cidadania italiana. As personalidades brasileiras que supostamente teriam tentado obter a cidadania nunca teriam pisado no local.

"Fomos vítimas"

Em comunicado, Rodrigo Faro afirmou ter sido vítima de esquema ilegal para obtenção de cidadania italiana.

A equipe disse que o famoso foi pego de surpresa com a informação de que teria tentado comprar a cidadania por meio de um esquema de corrupção: "Rodrigo forneceu toda a documentação necessária, comprovou laços com seus descendentes (sic) na Itália e o processo foi aprovado e os passaportes foram concedidos".

Apresentador acionou advogados para cuidar do assunto. "Para que todo esse mal-entendido seja resolvido e para que os devidos responsáveis por esse suposto esquema de corrupção sejam devidamente punidos."

Splash também tenta contato com o jogador Bruno Duarte. Assim que houver retorno, a nota será atualizada.

Deixe seu comentário

Só para assinantes