Conteúdo publicado há 1 mês

Samara Felippo: 'A maternidade é pesada quando a paternidade é leve'

Samara Felippo, 45, deu sua contribuição ao Projeto Cara de Mãe, que visa lançar um olhar moderno e crítico sobre os desafios da maternidade.

O que aconteceu

O perfil oficial da iniciativa no Instagram divulgou um ensaio exclusivo com a atriz, acompanhado de um texto-desabafo de sua própria autoria. "Me calei diante de situações sufocantes diversas vezes para não "causar problema", "incomodar ninguém", mas quando se fala de feminino, maternidade e o lugar que insistem em nos colocar, descobri que é preciso incomodar muito. Falar cura."

Nas fotos, Samara aparece escrevendo o termo 'silenciamento' em uma folha de jornal, a qual, posteriormente, queima com um isqueiro, num ato simbólico de libertação. "Nunca mais vou deixar que me façam engolir o que não gosto, se me faz mal ou mal as minhas filhas. A maternidade é pesada quando a paternidade é leve."

A artista é mãe de duas meninas, Alícia, 14, e Lara, 10. "Quero que minhas filhas cresçam sem a aprovação de ninguém, quero que elas me vejam realizando os meus sonhos para que se sintam capazes de realizar todos os sonhos delas também."

O Cara de Mãe se autodefine como "um projeto-ensaio-manifesto que nasce dos incômodos que vêm do estômago". "É de lá que vem esse desejo de retratar mães, em uma tentativa de construir novas referências imagéticas de nós, mulheres que desejam e insistem em existir para além da maternidade."

Deixe seu comentário

Só para assinantes