Conteúdo publicado há 2 meses

Christiane Torloni analisa sua 1ª protagonista na Globo: 'Grande desafio'

"Gina" (Globo), novela de 1978, escrita por Rubens Ewald Filho, baseada no romance homônimo de Maria José Dupré, chega na segunda-feira (15) no Globoplay através do Projeto Fragmentos, que traz para o catálogo do streaming obras que não foram preservadas na íntegra.

Com apenas 6 capítulos conservados, o folhetim tinha como protagonista a personagem-título Gina. A novela acompanhava a mulher desde a juventude até sua consagração como artista plástica.

A personagem foi interpretada por Christiane Torloni, que, aos 21 anos, vivia sua 1ª protagonista. A atriz deu vida a Gina da juventude até a velhice.

Em entrevista a Splash, Torloni revela que existia a possibilidade de sua mãe, a atriz Monah Delacy, viver Gina na fase adulta. "Talvez o grande desafio da novela, não só por ter sido a primeira protagonista, foi o fato de ter uma passagem de época enorme. Na época havia até a possibilidade da minha mãe ter sido a personagem já com a passagem de tempo. Coisa que acabou não acontecendo".

Por viver a personagem em várias fases da vida, ela vê esse trabalho hoje em dia como desafiador. "Foi uma personagem que teve muitos desafios para uma atriz que ainda está começando a dar seus primeiros passos. Então adiantou muito o meu relógio em vários sentidos. Tive que correr atrás de muita experiência em muito pouco tempo".

Era uma época em que nós ainda não tínhamos uma regulamentação de horário de trabalho. Então trabalhava-se o tempo que tinha que trabalhar. E bora lá. E gravava e decorava.

- Christane Torloni

Gina (Christiane Torloni) em 'Gina'
Gina (Christiane Torloni) em 'Gina' Imagem: Reprodução/Globo
Continua após a publicidade

Com saída recente da Globo, a atriz demonstra enorme gratidão por "Gina". "Foi um grande desafio. Mas sou muito grata. Foi a primeira aposta que o Boni fez na minha carreira dizendo: 'Ela está pronta para ser protagonista e deve ser'. E eu fiquei muito feliz e honrada de ter cumprido bem esse papel".

Christiane acredita que "Gina" seja uma novela atual e fica feliz que uma nova geração possa vê-la. "'Gina' é uma novela atual porque ela é uma boa novela. Os maus produtos ficam datados de algum jeito. Ele é um produto bonito porque fala de todo esse desejo dessa criatura de crescer, de sonhar, de realizar seus sonhos. E eu acho que isso é muito importante, que a gente passe o bastão da esperança. Para que as pessoas não percam o desejo de sonhar e de querer realizar os seus sonhos".

Você tem a oportunidade das novas gerações entenderem melhor como é que a teledramaturgia do Brasil se construiu nesses últimos 46 anos. Isso é muito importante, um projeto de memória hoje em dia, em que as coisas são tão descartáveis.
Christiane Torloni

Deixe seu comentário

Só para assinantes