Conteúdo publicado há 1 mês

Diego Alemão diz que começou a usar drogas após ameaça de criminosos

O empresário e ex-BBB Diego Alemão diz ter começado a usar drogas após começar a ser ameaçado de morte por grupo de criminosos.

O que aconteceu

O vencedor do BBB 7 sofreu um acidente de trânsito em 2020 e foi condenado a um ano e cinco meses de detenção em regime aberto por ameaça, lesão corporal, embriaguez ao volante e desacato.

Após o caso, o empresário começou a receber telefonemas de estelionatários e, para se proteger, adquiriu uma arma. Nesse mesmo período, Alemão teve contato pela primeira vez com as drogas. "Foi um período muito difícil e vai continuar, porque não é uma luta vencida do dia para a noite. Passei por um furacão e tanto. A partir dali eu falei: 'Não tenho recursos pra pagar um segurança'. Sou um homem nessa selva de pedra", disse em entrevista ao "Domingo Espetacular", da Record.

A gente sai na rua e não sabemos o que vai acontecer. Era muita ameaça e eu acabei fazendo igual o Marcelo D2: minha segurança era na cintura. Quando você começa a receber três, quatro ligações por dia dizendo que vão te pegar, te matar... Chegou uma hora que minha cabeça foi pirando e aí cometi um dos meus maiores erros: procurei uma fuga. Talvez até uma paranoia, começa tomando uma cervejinha a mais, uma vodca. Quando você vê, está usando o que não deveria estar usando
Diego Alemão

Em setembro do ano passado, Alemão foi preso no Rio de Janeiro por porte ilegal de armas. Na ocasião, a Polícia Militar foi acionada para conter "um homem aparentemente alterado" em Ipanema.

A partir desse momento, o empresário notou que era hora de buscar tratamento de desintoxicação. "Quando saí da delegacia pela segunda vez, falei: 'Não dá, não quero isso pra mim. Qual é o próximo passo?'. Fui em clínicas muito conhecidas, mas com mensalidades acima de R$ 100 mil. Pensei: 'Pra pagar isso aqui, vamos ver lá fora (do país)'", conta.

Diego Alemão ficou internado em uma clínica na Califórnia, nos Estados Unidos, onde conheceu sua atual namorada e iniciou treinos de jiu-jitsu. "Vida nova, me senti reconstruído", afirma.

Deixe seu comentário

Só para assinantes