Conteúdo publicado há 1 mês

Vingança? Entenda o final catártico da série 'Bom Dia, Verônica'

"Bom Dia, Verônica" chegou ao final com o lançamento da terceira temporada. Baseada no livro homônimo escrito por Raphael Montes e Ilana Casoy, a série sempre chamou atenção por sua trama envolvendo violência, diferentes crimes e vingança.

Agora, com os últimos capítulos já disponíveis na Netflix, pode haver alguma confusão sobre o que aconteceu no final. Se você está assim, não tem problema: Splash te explica abaixo tudo o que você precisa saber sobre "Bom Dia, Verônica - A Caçada Final".

Mas, antes, muita atenção: vem spoiler aí!

Alerta de Spoiler Splash
Alerta de Spoiler Splash Imagem: Arte UOL

Para entender o final, é preciso voltar ao começo da série e entender como os fatos se desenrolaram.

Após desvendar o esquema de crimes envolvendo Matias Carneiro (Reynaldo Gianecchini) e colocá-lo na prisão, Verônica Torres (Tainá Müller) tem um novo alvo: Doúm (Rodrigo Santoro). Este é o principal objetivo da ex-escrivã.

Com o desenrolar dos episódios, a mulher busca as respostas de que precisa em um orfanato abandonado, o mesmo no qual Brandão (Du Moscovis) e Matias cresceram. Ao chegar à cidade para visitar o local, ela conhece Jerônimo (Santoro), sem saber se tratar de Doúm. Ele é um homem rico, sedutor e domador de cavalos.

O personagem de Rodrigo Santoro é um dos grandes vilões da trama, sendo apresentado ao final da segunda temporada. Ele está acima de Matias e chefia todo o esquema de tráfico de pessoas e bebês.

Jerônimo usa de seu próprio sêmen e os óvulos da mãe, Diana (Maitê Proença), para gerar "bebês perfeitos". Ele usam o útero de mulheres sequestradas como "incubadora". A justificativa dos vilões é que, assim, eles conseguem vender crianças livres de doenças genéticas, como o câncer, para pais ricos.

Continua após a publicidade

O orfanato

Peça fundamental para entender os crimes de Matias, Brandão e Doúm, o orfanato era comandado por Monsenhor Davila, homem que abusava sexualmente de meninas, que engravidavam e tinham seus filhos vendidos.

Matias era órfão e tido como preferido de Monsenhor. Assim como o homem, Matias se tornou um religioso que abusava sexualmente das fiéis.

Já Doúm, o Jerônimo, era conhecido como o "filho do dono do orfanato" e também cresceu no orfanato. No entanto, o personagem é filho de Monsenhor e Diana, que também foi traficada.

O que ninguém esperava descobrir é a relação de Verônica com o esquema. Ela também é filha de Monsenhor Davila e de Diana, sido doada a Julio Torres enquanto ele investigava o caso. Isso mesmo, Verônica é irmã de Jerônimo.

Continua após a publicidade
Reynaldo Gianecchini e Rodrigo Santoro interpretam vilões em 'Bom Dia, Verônica'
Reynaldo Gianecchini e Rodrigo Santoro interpretam vilões em 'Bom Dia, Verônica' Imagem: Reprodução/ Instagram

O fim

Verônica está presa na fazenda de Jerônimo, onde Lila, a filha de Verônica, e Angela (Klara Castanho) estão sequestradas. Ela descobre então que sua filha foi inseminada por Jerônimo e também terá um filho para ser vendido.

Com ajuda de uma das mulheres traficadas, a ex-escrivã consegue fugir e libertar todas as mulheres presas no local. Verônica lidera uma rebelião, entrega armas para todas, e elas invadem o leilão de pessoas que está acontecendo na fazenda. A cena é bastante catártica.

Todos os clientes são mortos, até que é preciso encarar Doúm e Diana. Verônica atira em Jerônimo; e Diana, ao ver o filho morrer, se mata.

A protagonista volta a São Paulo e recebe perdão judicial, então seu nome está limpo e ela está livre. Verônica, no entanto, continua atuando como justiceira. Ao final, ela aparece comandando mulheres e se vingando de todas as pessoas que faziam parte do esquema dos vilões.

Continua após a publicidade
'Bom Dia, Verônica' chega ao fim em sua terceira temporada
'Bom Dia, Verônica' chega ao fim em sua terceira temporada Imagem: Alisson Louback / Netflix © 2024

Deixe seu comentário

Só para assinantes