De Rihanna a Michael Jackson: quais foram os maiores shows do Super Bowl?

Usher se apresentará no intervalo do Super Bowl na noite deste domingo (11). Show será tributo aos artistas negros que o inspiraram na carreira, disse o artista em entrevista ao Good Morning America na sexta-feira (2). A previsão é de que o artista suba ao palco às 22h.

A revista Billboard listou, em janeiro de 2023, as principais atrações da história do evento. A lista conta com artistas consagrados, como Madonna, Beyoncé, Lady Gaga e Michael Jackson.

Splash destacou dez shows entre os citados pela publicação estadunidense, além de detalhar a apresentação de Rihanna — destaque do evento no ano passado.

Rihanna (2023)

Rihanna voltou aos palcos após sete anos e se apresentou com cerca de 280 bailarinos, segundo informações divulgadas pelo site TMZ. Ela confirmou após o show que estava grávida de seu segundo filho.

Cantora reuniu 17 anos de carreira em 13 minutos, conforme comentou durante entrevista dias antes da apresentação. "Você sabe, algumas músicas que tivemos que perder por causa disso e vai ficar tudo bem, mas acho que fizemos um bom trabalho ao reduzi-lo."

Madonna (2012)

A apresentadora comandou um 'esquadrão de líderes de torcida' durante sua apresentação, afirmou a Billboard. Nicki Minaj, MIA e CeeLo Green participaram do show.

A performance contou com a representação de soldados romanos e um trono. Madonna também se destacou com a música "Give Me All Your Luvin" ao lado de Nicki Minaj e MIA.

Continua após a publicidade

Michael Jackson (1993)

Show do astro do pop foi anunciado como "o maior de todos os tempos" do Super Bowl, conforme o relato da Billboard. "Jam", "Billie Jean" e "Black or White" estavam entre os sucessos trazidos pelo artista. Ele também cantou um trecho de "We Are the World" no momento em que o público virou cartões revelando desenhos das crianças nas arquibancadas.

Beyoncé (2013)

Beyoncé voltava aos palcos após o nascimento da filha Blue Ivy. A artista trouxe inovações para o Super Bowl com o uso de telas de animação. O show também se destacou pelo grande número de bailarinas. Kelly Rowland e Michelle Williams participaram do show que trouxe sucessos como "Bootylicious", "Independent Women" e "Single Ladies".

Prince (2007)

O sucesso "Purple Rain" rendeu uma das interpretações mais lembradas dos intervalos do Super Bowl. Prince aproveitou a apresentação para homenagear outros artistas: "We Will Rock You", do Queen, "Proud Mary", do Creedence Clearwater Revival, "All Along the Watchtower", de Bob Dylan, e "Best of You", do Foo Fighters, também foram músicas cantadas no show.

Continua após a publicidade

Lady Gaga (2017)

A cantora se destacou com uma apresentação "visualmente impressionante", segundo a Billboard. Ela arremessou o microfone, reproduziu um lance do futebol americano e pulou de uma escada ao se despedir do público. "Poker Face", "Born This Way" e "Bad Romance" foram os principais sucessos cantados pela artista.

U2 (2002)

A banda liderada por Bono Voz homenageou as vítimas do atentado de 11 de setembro, ocorrido meses antes do Super Bowl de 2002 em Nova York. "Beautiful Day", "MLK e "Where The Streets Have No Name" foram as principais canções do U2 tocadas durante o intervalo da decisão.

Rolling Stones (2006)

Liderada por Mick Jagger, a banda trouxe sucessos de seu repertório: "Start Me Up", "Rough Justice" e "Satisfaction". A apresentação ganhou elogios pela simplicidade. Uma versão gigante do emblema icônico da banda — um par de lábios vermelhos com uma língua de fora — apareceu no palco preparado para o Super Bowl.

Continua após a publicidade

Katy Perry (2015)

Além de explorar luzes, fogos e efeitos especiais, Katy Perry também agitou o intervalo do Super Bowl com participações especiais. Lenny Kravitz e Missy Elliott se juntaram à artista no palco. "Teenage Dream'', ''California Girls'', ''Get Ur Freak On'' e ''Work it'' estão entre as canções de destaque. ''Firework'' foi a música de encerramento da apresentação.

Janet Jackson & Justin Timberlake (2004)

Justin Timberlake tirou acidentalmente parte do figurino de Janet Jackson durante a apresentação, deixando o seio da cantora à mostra. A cena marcou o show da dupla no intervalo do evento em 2004. Eles cantavam a música "Rock Your Body" nos segundos finais de palco, momento em que o seio apareceu nas imagens. O acontecimento prejudicou a sequência da carreira da artista, analisou a Billboard.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes