Conteúdo publicado há 2 meses

Ex-pastora do OnlyFans também é comissária de bordo e ex-Miss Bumbum

Ana Akiva, 36, promoveu uma mudança radical em sua vida: ex-pastora, agora ela produz conteúdo adulto no OnlyFans.

Ela fazia parte de uma igreja no interior de São Paulo, mas não gostou do que via lá: "Fui vendo que é um meio corrupto. Chega a ser pior que o mundo secular, porque ali eles estão pregando uma coisa e vivendo outra. Não são todos, mas grande parte está corrompida", afirma.

Ana diz que viveu uma relação abusiva com outro pastor. "Ele me proibia de trabalhar fora e ter amizades. Vivia pela família e pela igreja. É difícil ser feliz ao lado de alguém que controla sua vida e que nunca te coloca para cima, que te chama de lixo, cospe na sua cara, muitas mulheres passam por isso dentro da igreja e sofrem caladas assim como eu".

A igreja é um lugar seguro para o abusador, pois ali ele pode colocar seu plano em prática usando a palavra de Deus. Alguns versículos falam de submissão, obediência e silêncio. Sofri muito tempo, perdoando todos os abusos porque entendia que era minha obrigação. Ana Akiva

Antes de ser pastora, ela participou do Miss Bumbum. Ana representou o Distrito Federal na competição em 2014 — um ano antes de se converter. Em entrevista ao canal Gospel Minas em 2020, Ana Akiva disse que começou a frequentar a igreja durante o concurso e pensou em desistir, mas não conseguiria pagar a multa de R$ 10 mil.

Hoje, ela é comissária de bordo e namora um piloto. No Instagram, Ana compartilhou momentos de sua formação como comissária e desabafou: "Quantas vezes eu chorei em frente ao computador, tudo parecia muito complexo, era tudo difícil. Sistema de aviação, segurança de voo, meteorologia, medicina aeroespacial, primeiros socorros, emergência a bordo, sobrevivência na selva?. Chorei, pensei em desistir no meio do caminho".

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes