Conteúdo publicado há 2 meses

Bruno de Luca anuncia pausa na carreira: 'Até breve'

Bruno de Luca, 41, anunciou, através de seu perfil no Instagram, que dará uma pausa na sua carreira. O ator explicou ter passado 'por muita coisa este ano' e isso o motivou a pausar.

O que aconteceu

O ator começou o vídeo dizendo ter passado por muita coisa em 2023 e que esses acontecimentos serviram para que ele repensasse sua vida pessoal e profissional: "Queria dizer que eu resolvi fazer uma pausa, tirar um tempo só pra mim. Eu quero tirar um tempinho que eu ainda não sei quanto tempo ainda afastado dos meus compromissos na TV."

Ele lembrou que trabalha desde os 10 anos e não quer mais perder 'nenhuma parte da vida que acha importante', mostrando a filha Aurora ao público: "Eu quero viajar muito! E a gente vai continuar sempre com esse diálogo aberto aqui, e eu conto muito com vocês! Até breve."

O que o ator passou

Bruno de Luca estava com Kayky Brito em um quiosque, na altura do posto 6 da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na madrugada do dia 2 de setembro.

Kayky atravessou a rua para buscar algo em um carro. Na volta, foi atropelado por um carro de aplicativo que levava uma passageira e a filha. Ele sofreu politraumatismo e traumatismo cranioencefálico.

O ator foi encaminhado ao Hospital Miguel Couto e, posteriormente, transferido para o Copa D'Or. O artista, que chegou a ficar em estado grave, recebeu alta do hospital no dia 29 de setembro.

De Luca fala sobre o acidente

No início de novembro, também pelo Instagram, De Luca contou estar em tratamento psiquiátrico devido ao trauma em presenciar o amigo ser atropelado — ele disse que teve "confusão mental, que evoluiu com uma amnésia dissociativa". O ator admitiu ainda que os dois exageraram no consumo de bebida alcoólica, e afirmou que no momento do acidente pensou que o amigo tivesse morrido, fato que o deixou paralisado.

Continua após a publicidade

De Luca também destacou que tinha contato diário com Kayky e sua família, que sempre o atualizava do estado do amigo. "Desde o dia 2 de setembro tenho vivido numa angústia muito grande. Minha principal preocupação era o estado de saúde do Kayky. Desde que ele recebeu alta e teve acesso ao celular, estamos nos falando e ele vem me contando sobre seus progressos clínicos e na fisioterapia. Isso tem acalmado meu coração."

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes