Conteúdo publicado há 2 meses

Genro que traiu mulher com sogro em Araraquara vai inspirar filme pornô

A história de uma mulher que afirma ter sido traída pelo marido com o próprio pai viralizou nas redes sociais e vai inspirar uma produção pornográfica.

"Vem aí 'O Sogro e o Genro'. Esse filme é um proibidão do jeito que a gente gosta", comunicou a produtora de filmes adultos Irmãos Dotados, ontem (28), em uma publicação no X (antigo Twitter). O filme deve ser lançado nesta sexta-feira (1).

O lançamento da obra, claro, gerou burburinho na rede social. "Brasileiro é rápido", ponderou um seguidor. "Quem tem limite é município", comentou outro internauta. "Já tô vendo eles processando a produtora por direitos autorais", afirmou um terceiro.

O que aconteceu

Um homem de 45 anos, pai da mulher, foi espancado no domingo (19) após atear fogo a um veículo. Ele foi levado a uma UPA, mas recebeu alta no mesmo dia.

O carro era do ex-genro do homem espancado. A destruição do veículo teria sido uma reação à divulgação das cenas de sexo.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que o caso foi registrado como dano e lesão corporal. Investigação segue em curso.

O homem que traiu a esposa com o sogro em Araraquara afirmou que recebia ameaças de morte. Ele afirmou que o sogro, além de o ameaçar de morte, disse que "se não conseguisse me matar, ia tirar meu filho de mim". A declaração foi dada em entrevista a uma emissora do interior de São Paulo.

O homem disse que "entrou no jogo do sogro para criar provas contra ele" de que estava sendo ameaçado. "Entrei com advogado e a verdade será toda esclarecida para o Brasil todo entender o que aconteceu", destacou.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes