Midas da comédia, criador de The Office revela segredo do sucesso na TV

Talvez você não faça ideia de quem é Greg Daniels, mas, se você for um amante de séries de comédia, ele com certeza já te fez rir com uma de suas produções. "The Office", "Parks and Recreation", "Space Force" e, mais recentemente, "Upload", um sucesso do Prime Video são assinadas pelo produtor.

O final da terceira temporada de "Upload" já chegou à plataforma e consagra mais um grande sucesso do "midas da comédia".

Americano de 60 anos, Daniels é um senhor simpático, mas, diferentemente do que se pode imaginar, um homem de poucas palavras. Beira a timidez. Nada mais conflitante com a imagem que fazemos da pessoa responsável por "clássicos" como "The Office".

Em conversa com Splash para falar do novo ano de "Upload", o produtor contou seu segredo para fazer tanto sucesso com suas obras.

Presto muita atenção no comportamento humano, e observo bastante a realidade. Acho que as pessoas se conectam com ações reais e emocionais, então coloco muito do dia a dia nas minhas obras.

Para Daniels, é preciso criar personagens com os quais os espectadores consigam se identificar. "É isso que explica 'The Office' ter tantos fãs, mesmo tanto tempo depois do seu fim [em 2013]. Quando as pessoas compram esse tipo de comédia, elas têm vida longa."

Cena de "The Office" na qual os personagens fazem treinamento de RCP
Cena de "The Office" na qual os personagens fazem treinamento de RCP Imagem: Reprodução/The Office

Uma das séries mais queridas dos Estados Unidos, The Office tem inspiração no Reino Unido. O hit da TV americana, feito por Greg Daniels e estrelado por Michael Scott, nasceu a partir da produção britânica de mesmo nome, criada e estrelada por Rick Gervais.

Após dez anos de seu final, muito se fala sobre um possível reboot de "The Office". Questionado, Daniels desviou do assunto: "Quando eu tiver algo para anunciar, vou anunciar."

Continua após a publicidade
Greg Daniels é criador de 'Upload' e 'The Office EUA'
Greg Daniels é criador de 'Upload' e 'The Office EUA' Imagem: Reproduçãpo

Futuro distópico

Em "Upload" acompanhamos um mundo no qual é possível salvar a mente das pessoas em uma nuvem para que, depois da morte, ainda dê para "viver" em um mundo ficcional para onde as consciências vão. É claro que, como tudo em um mundo capitalista, essa ferramenta tem um custo, e é muito caro.

Neste cenário, o jovem Nathan (Robbie Amell) morre e recebido no céu por Nora (Andy Allo), uma funcionária da empresa que cuida da "vida após a morte". Os dois começam uma amizade que, depois de um tempo, se torna amor.

Para o próprio criador da série, a premissa não parece uma "ideia divertida". "Não é legal pensar que para estar no céu, é preciso pagar", brinca.

Mesmo se tratando de um futuro distópico, "Upload" é um grande sucesso. "Tentei colocar tudo que pensei que as pessoas gostariam de assistir. Coloquei uma história de amor, e eu realmente tentei fazer uma história de amor intenso, com muitas brincadeiras que tentei deixar muito originais. Também brinco sobre do futuro e de tecnologia que já existem e impactam a vida das pessoas."

Continua após a publicidade

Para fisgar o público, Greg Daniels utilizou um mistério para ajudá-lo. "Coloquei uma morte suspeita para tentar fazer as pessoas se interessarem."

Upload é um sucesso do Prime Video
Upload é um sucesso do Prime Video Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video

Quanto às tecnologias, a série se utiliza de várias que já existem, mas também prevê o que pode ser criado em um futuro não muito distante. "Incorporamos coisas como os robôs de entrega de comida e os dias especiais para descontos online."

No entanto, o produtor espera que nem tudo o que ele pense seja possível no mundo real. "Tem coisas que aparecem na terceira temporada que eu realmente espero que não se tornem realidade, seria muito ruim."

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes