PUBLICIDADE
Topo

Doja Cat diz que vai parar de usar vape após precisar operar amígdalas

A rapper Doja Cat diz que estava com amigdalite no Billboard Music Awards, e vape piorou a infecção - Reprodução/Instagram
A rapper Doja Cat diz que estava com amigdalite no Billboard Music Awards, e vape piorou a infecção Imagem: Reprodução/Instagram

De Splash, em São Paulo

20/05/2022 08h20

Doja Cat anunciou ontem no Twitter que pretende abandonar o uso de vape após precisar operar as amígdalas.

Ela assustou os fãs ao declarar: "O médico precisou cortar a minha amígdala esquerda, porque tinha um abscesso lá. Minha garganta inteira está f*dida, então talvez eu tenha notícias ruins para vocês em breve".

Depois, a rapper explicou: "Eu estava com amigdalite antes do Billboard Music Awards e esqueci que estava tomando antibióticos. Aí eu bebi vinho e fiquei fumando vape o dia inteiro, um inchaço nojento começou a crescer na minha amígdala e precisei fazer cirurgia hoje".

"O médico enfiou uma agulha lá duas vezes e sugou todo o pus. Aí ele pegou uma coisa afiada, cortou minha amígdala em dois lugares e espremeu toda a gosma que estava lá. Eu chorei e doeu muito, mas estou bem", descreveu Doja Cat.

Os fãs pediram para a cantora parar de usar vape, e ela afirmou: "Vou parar por um tempo, tomara que eu não tenha mais vontade depois".

Doja Cat explicou que pretende largar o vício gradualmente: "Para vocês que estão me mandando jogar o vape fora, isso não ajuda ninguém e só faz vocês se sentirem superiores a quem está lutando contra o vício em nicotina. Eu já joguei tudo fora antes, não funciona".

"Jogar fora só causa pânico. Sou viciada, mas não sou fraca. Hoje eu fiquei literalmente encarando o meu vape, que eu normalmente fumaria mil vezes por dia. Só usei duas vezes. Vou tentar ficar sem por enquanto, espero que meu cérebro não precise mais."