PUBLICIDADE
Topo

Amy Schumer diz que recebeu ameaças de morte após piada feita no Oscar

De Splash, no Rio

15/04/2022 18h54

A comediante Amy Schumer, que foi uma das apresentadoras do Oscar 2022, diz que recebeu ameaças de morte após fazer uma piada na cerimônia. Ela brincou ao dizer que a atriz Kirsten Dunst, indicada a Melhor Atriz Coadjuvante, estava ali para "preencher o assento" ao lado de seu noivo, Jesse Plemons, outro indicado da noite.

"Recebi ameaças de morte... Elas foram tão ruins que o Serviço Secreto me procurou sobre isso. Eu fiquei tipo: 'eu acho que você tem o número errado. Esta é Amy, não Will [Smith]", disse ela, fazendo alusão ao tapa do ganhador do Oscar de Melhor Ator em Chris Rock, durante entrevista ao "The Howard Stern Show" na quarta-feira.

"Eles ficaram tipo: 'quem você pensa que é para desrespeitar Kirsten Dunst assim?'",completou ela, que também foi contada pelo Departamento de Polícia de Los Angeles.

Ainda na entrevista, Schumer explicou que ela conversou com todos os envolvidos em suas piadas antes da cerimônia para verificar se estava tudo bem. Além de Dunst, ela foi até Leonardo DiCaprio para falar sobre a piada de namorar apenas mulheres mais jovens.

Já no Instagram Stories, no dia seguinte ao Oscar, a comediante emitiu uma nota sobre o assunto. "Ei, eu aprecio o amor por Kirsten Dunst. Eu a amo também! Essa foi uma parte coreografada que ela estava fazendo. Não desrespeitaria aquela rainha assim", explicou.