PUBLICIDADE
Topo

Tapa de Will Smith em Chris Rock foi real? Entenda o que rolou no Oscar

De Splash, em São Paulo

28/03/2022 00h00Atualizada em 28/03/2022 12h15

Torta de climão! As coisas esquentaram no Oscar 2022 quando o comediante Chris Rock subiu ao palco para apresentar uma das categorias. Seguindo o tom ácido tradicional da cerimônia, o ator brincou com os indicados e os presentes no Dolby Theatre, e fez uma piada com a atriz Jada Pinkett Smith. O problema é que a piada parece não ter agradado ao seu marido, Will Smith.

Jada está com os cabelos raspados, uma decisão que tomou em dezembro do ano passado após sofrer durante muitos anos com a perda de cabelos. A apresentadora do programa "Red Table Talk" decidiu aceitar a situação, já que sofre de alopecia, e contou aos fãs que enfrentaria a calvície de frente.

No palco do Oscar neste domingo, Chris Rock fez uma brincadeira, dizendo que Jada estava careca para estrelar "G.I. Jane 2", em uma referência ao que seria uma sequência do filme "Até o Limite da Honra", que em inglês tem o título "G.I. Jane". Na obra, Demi Moore está careca para viver a protagonista.

Smith, que venceria o prêmio de melhor ator por "King Richard - Criando Campeãs" minutos depois, não gostou da alfinetada, e subiu ao palco, agrediu o comediante de 57 anos e gritou, duas vezes:

"Mantenha o nome da minha esposa longe da p*rra da sua boca!"

Mas é meme?

Segundo repórteres e demais convidados presentes no teatro, o clima no local ficou esquisito imediatamente, e as pessoas não conseguiram entender se o momento foi combinado ou se foi real.

"Nunca vi o público do Oscar estupefato e em silêncio deste jeito, e eu estava aqui no fiasco de Moonlight e La La Land. Este é oficialmente o momento mais louco do Oscar", escreveu o jornalista Matthew Belloni, da newsletter Puck News. "Isso foi real", especulou.

Em 2016, já havia acontecido um momento estranho entre Jada e Chris Rock no Oscar. O ator havia sido o apresentador da cerimônia naquela edição, e fez uma menção a ela no discurso de abertura:

"A Jada não veio. Mas ela não trabalha com televisão? A Jada boicotar o Oscar é igual eu boicotar a calcinha da Rihanna. Eu não fui convidado!".

Na época, ela minimizou a polêmica, alegando: "Faz parte, mas precisamos seguir adiante".

Veja o VAR da agressão:

Ainda na cerimônia do Oscar, um outro detalhe que adiciona seriedade ao momento é o fato de Denzel Washington ter ido acalmar Smith após o momento. Ao faturar o prêmio de melhor ator, o Will falou sobre a conversa.

"Denzel [Washington] me disse há alguns minutos. 'Em seu momento de maior grandeza, tome cuidado. É nessa hora que o Diabo irá te procurar'", falou.

Confira abaixo:

Will Smith pode perder o prêmio?

Em seu discurso após vencer o seu primeiro Oscar de Melhor Ator, Will Smith pediu desculpas à Academia e disse que esperava ser convidado para o evento novamente. O caso fez surgir outra dúvida: o tapa pode fazê-lo perder a estatueta?

Ao jornal New York Post, uma fonte de destaque em Hollywood afirma que essa é uma possibilidade: "Foi basicamente uma agressão. Todos ficaram chocados, foi muito desconfortável. Eu acho que o Will não aceitaria devolver seu Oscar, mas ninguém sabe o que vai acontecer agora".

Procurada pelo jornal, a Academia não respondeu se pretende tomar medidas para punir Will Smith. Ontem, após o encerramento da cerimônia de premiação, a instituição disse não tolerar qualquer forma de violência.

E a justiça?

Pelo menos por enquanto, Will Smith não terá problemas com a justiça de seu país. Em nota enviada à revista Variety, o Departamento de Polícia de Los Angeles disse que Chris Rock optou por não abrir um boletim de ocorrência contra o ator, mas se colocou à disposição do comediante caso ele mude de ideia.