PUBLICIDADE
Topo

Aos 13 anos, filho de Ivete entra na banda da mãe: 'Tem talento para isso'

Marcelo (à direita), filho de Ivete Sangalo, tocou na banda da mãe durante gravações do projeto "Onda Boa"  - Reprodução/YouTube
Marcelo (à direita), filho de Ivete Sangalo, tocou na banda da mãe durante gravações do projeto 'Onda Boa' Imagem: Reprodução/YouTube

Renata Nogueira

De Splash, em São Paulo

05/02/2022 04h00

Os fãs de Ivete Sangalo que estão acompanhando os episódios semanais da série "Onda Boa", na HBO Max, provavelmente já notaram uma presença ilustre na banda da baiana: Marcelo, o filho de 13 anos da artista com Daniel Cady.

O menino, que já apareceu em outras ocasiões tocando bateria em apresentações da mãe, assumiu um papel entre os percussionistas no projeto que até agora já teve músicas lançadas com Glória Groove, Vanessa da Mata e Carlinhos Brown — esse último, um de seus mestres na percussão.

"Ele [Marcelo] é louco em Brown, a gente ouve Brown todos os dias, é uma coisa quase que religiosa em casa", explica Ivete Sangalo.

O clipe de "Mexe a Cabeça" abre com a imagem de Marcelo, que aparece ao fundo junto com os percussionistas da banda. Na série, Ivete conta para Carlinhos Brown o quanto ele foi importante para desenvolver o interesse de Marcelo também pela percussão.

"Todos eles falam sobre você e tudo isso respinga e vem para Marcelo. Ele pequenininho já ia atrás dos caras. E os meninos trazem esses aprendizados através do seu trabalho na prática."

Ele não toca comigo porque ele é meu filho. Ele toca comigo porque ele sabe tocar. Ivete Sangalo sobre o filho, Marcelo, de 13 anos

Ivete ainda explicou que não botou pressão em Marcelo para que ele se interessasse por música, pelo contrário, foi algo que surgiu naturalmente.

"Eu vejo meu filho fazendo aquilo que ele sente vontade. É o que desejo a ele. Que ele faça bem aquilo que o faça feliz e que realize ele. Se for a música, ele tem o talento para isso", contou a cantora em entrevista a Splash, em janeiro.

"Se não for a música, ele terá milhões de outros talentos para escolher porque ele é um menino muito habilidoso e inteligente", reforça a mãe, sem ainda querer definir uma profissão para o primogênito.

"A paixão dele pela música é algo que independentemente de trabalhar ou não ele vai estar sempre ligado e vai desfrutar muito disso. Ele é aficionado, um apaixonado por música."

Influência de Carlinhos Brown

Desde 1994 Carlinhos Brown toca o projeto social Pracatum no Candeal em que ensina a prática do tambor a crianças e jovens carentes. Ele já formou mais de 2 mil músicos, entre eles muitos dos que estão hoje com Ivete.

"Na banda, todos os músicos têm uma influência enorme de Carlinhos, em especial os meninos da percussão. Porque eles foram literalmente recrutados por Carlinhos no início de suas vidas, naquela primeira infância, na pré-adolescência. E Carlinhos deu inspiração e possibilidade desses meninos aprenderem muito com ele. Na prática mesmo", conta a cantora.

Carlinhos, que foi um dos convidados de Ivete para se isolar em uma fazenda e criar músicas no projeto de "Onda Boa", explica sua relação com a banda, especialmente a percussão.

ivete brown - Divulgação/HBO Max - Divulgação/HBO Max
Ivete Sangalo com o filho Marcelo, Carlinhos Brown e seus percussionistas em fazenda onde se isolou para gravar o projeto 'Onda Boa'
Imagem: Divulgação/HBO Max

"Esses meninos eu vi crianças, e quando cheguei na fazenda eu vi que esse afeto estava aqui. Como se tudo se transmutasse para esse lugar do fazer coletivo e do fazer familiar."

Feliz por influenciar, Carlinhos espera que a percussão ganhe ainda mais reconhecimento.

"Esses meninos mestres são uma evolução importante de um Brasil que ainda precisa perceber a tamanha sofisticação que surge disso, que emerge das favelas. Para as linguagens mais espirituais o tambor é que canta. Então o fato de você conseguir ouvir o tambor faz com que essa energia chegue verdadeiramente nas pessoas."