PUBLICIDADE
Topo

Novelas

Verdades Secretas 2

Tudo sobre a novela da Globoplay


Jonathan Azevedo é policial em Verdades Secretas: '1ª vez no lado opressor'

Jonathan Azevedo é o policial Eurípedes em "Verdades Secretas 2" (Globoplay) - Reprodução/Globoplay
Jonathan Azevedo é o policial Eurípedes em "Verdades Secretas 2" (Globoplay) Imagem: Reprodução/Globoplay

Ane Cristina

De Splash, em São Paulo

26/10/2021 04h00

Jonathan Azevedo vive Eurípedes em "Verdades Secretas 2" (Globoplay), que lançou a primeira leva de capítulos na semana passada. O personagem é policial e braço direito do protagonista Cristiano, vivido por Romulo Estrela. O papel é novidade para o ator, que até então só havia interpretado criminosos em suas participações de maior destaque nas novelas brasileiras.

"Pela primeira vez eu estou do lado do opressor, né? E não do oprimido, e isso falando da minha carreira também. Foi o primeiro personagem em que eu me encontrava do outro lado da história e essa adaptação teve que ser trabalhada não só no personagem, mas na minha pessoa", disse o ator a Splash.

Foi uma batalha gostosa. O Eurípedes pode levar essa autoestima de que você pode ser o que você quiser, não importa de onde você vem. Jonathan Azevedo

Em 2017, Jonathan caiu nas graças do país com o traficante Sabiá de "A Força do Querer" (TV Globo). O sucesso foi tanto que o personagem, que deveria aparecer em apenas três capítulos, ficou até o final da novela.

"Eu tento distanciar tudo isso do Sabiá. O Sabiá trazia muito um Jonathan que eu não queria encontrar. O Eurípedes traz o Jonathan que eu sempre quis ser. Então, conseguir balancear tudo isso é um choque térmico dentro de mim, mas é um prazer ser artista devido a isso", conta.

Jonathan Azevedo como o Sabiá de "A Força do Querer" - Reprodução/GShow - Reprodução/GShow
Jonathan Azevedo como o Sabiá de "A Força do Querer" (TV Globo)
Imagem: Reprodução/GShow

"Verdades Secretas 2" está marcada pelo forte apelo sexual. Segundo a produção, a novela possui mais cenas de sexo do que o número de capítulos. Jonathan, no entanto, faz parte de um núcleo mais "leve" e lamenta:

"Poxa. Eu queria estar mais dentro dessa bagunça, do entretenimento que faz o Brasil pegar fogo. Mas quem sabe na próxima?", brincou o artista.

Ele celebra o avanço da dramaturgia brasileira em ser mais fiel à realidade brasileira. Quando "Verdades Secretas" foi ao ar na TV Globo em 2015, havia apenas uma personagem negra em toda produção, a modelo Lyris, vivida por Jessica Córes. Nessa segunda temporada, o elenco é mais diverso e, além de aumentar o número de atores negros, conta com uma atriz plus-size.

"Eu acho que de 2015 para cá, os impulsionamentos dos acontecimentos fizeram todos, não só ter um olhar, mas terem que se posicionar quanto a isso. Nós tivemos muitos acontecimentos que fizeram essa reflexão deixar de ser algo para ser resolvido. Não, é algo para ser solução", diz o ator.

Eu sou muito grato por isso. Eu acho que esse personagem é fruto não só desses acontecimentos, mas dessa sacudida nesse sistema, nesse Brasil que não conseguia olhar para os outros como necessários. Eu vejo essa ponte que foi feita de lá para cá como uma discussão que até caminhou, mas pode caminhar muito mais. Jonathan Azevedo

Jonathan comemora ainda o momento de maior maturidade e realização profissional. "Poucas vezes na minha função de artista eu pude desfrutar de poder ter uma preparação, de poder usar uma voz que eu encontrei. Toda vez que eu ia fazer um trabalho, [era] 'olha Jonathan, tá rolando isso aqui, tem como você vir fazer um teste?' e eu ia, e dali, uma semana depois, às vezes um dia, eu já tava rodando", conta.

É o meu primeiro trabalho, na minha carreira, que eu tenho tempo para poder desconstruir ou construir alguma coisa antes de ir ao ar. Tudo isso foi muito novo pra mim. Eu me cobro muito e ali eu não podia me cobrar tanto, porque eu não tinha resposta a não ser o que a gente tava vivendo ali. Eu acreditei e tô sendo muito feliz. Jonathan Azevedo