PUBLICIDADE
Topo

O que acontece nos outros oito livros de 'Bridgerton'?

Capa do livro "O Duque e Eu", de Julia Quinn, que inspirou a primeira temporada da série "Bridgerton", da Netflix
Capa do livro "O Duque e Eu", de Julia Quinn, que inspirou a primeira temporada da série "Bridgerton", da Netflix
Divulgação

De Splash, em Santos

31/12/2020 04h00

Não faz nem uma semana "Bridgerton" tá on e a galera que acordou cedão no dia de Natal para maratonar já está ansiosa para as próximas temporadas. A Netflix acertou em cheio no cardápio de fim de ano com a série de época, que segue no top 1 do streaming no Brasil.

O hype tem explicação. A série é baseada em uma coleção de livros que já era bem famosa no mundo todo, "Os Bridgertons", de Julia Quinn. De 2000 a 2013, a autora americana lançou nove livros contando a história da família britânica e foi parar 19 vezes na lista dos mais vendidos do New York Times.

Continua depois da publicidade
Liam Daniel/Netflix - Liam Daniel/Netflix
Daphne Bridgerton (Phoebe Dynevor) e Simon Basset (Regé-Jean Page) na série da Netflix
Imagem: Liam Daniel/Netflix

Criada por Chris Van Dusen e com produção executiva de Shonda Rhimes (é o primeiro trabalho da toda poderosa para a Netflix), a primeira temporada de "Bridgerton" é baseada no primeiro livro da coleção de Julia Quinn, que se chama "O Duque e Eu" (2000).

Depois, a saga segue com os seguintes livros:

  • O visconde que me amava (2000)
  • Um perfeito cavalheiro (2001)
  • Os segredos de Colin Bridgerton (2002)
  • Para sir Phillip, com amor (2003)
  • O conde enfeitiçado (2004)
  • Um beijo inesquecível (2005)
  • A caminho do altar (2006)
  • E viveram felizes para sempre (2013)

O primeiro livro foca no relacionamento do Duque de Hastings, um solteirão convicto e cobiçado, com Daphne Bridgerton, a mais velha das irmãs entre as mulheres da família Bridgerton. Os dois entram em um acordo para resolver a solteirice que tanto incomoda a sociedade da época, e o resto é história.

A adaptação da Netflix é fiel ao livro, mas, já que a série está super fresca, novas temporadas ainda não foram oficialmente confirmadas. Porém, com base no sucesso absoluto da primeira temporada e o contrato na casa dos US$ 100 milhões assinado com Shonda Rhimes, é bem provável que isso aconteça.

Continua depois da publicidade

Por isso, contamos a seguir o que acontece nos próximos livros de Quinn para matar sua ansiedade enquanto espera os novos episódios. Ainda não viu a série? Contamos mais sobre "Bridgerton" aqui, sobre o elenco diverso aqui e, pasme, visitamos o set de gravações em Bristol (antes da pandemia).

O visconde que me amava

Se o ritmo da série seguir mesmo o dos livros, o próximo romance a ganhar foco será o de Anthony Bridgerton, irmão mais velho da família, com Kate Sheffield. O problema é que Kate é irmã de Edwina, a candidata ideal para o casamento. O que esperar? Babado, confusão e gritaria.

Um perfeito cavalheiro

Agora é a vez do irmão número dois, Benedict Bridgerton, se envolver em um romance complicado. Ele conhece Sophie, uma criada que consegue invadir um dos bailes da tradicional família, e o relacionamento dos dois se desenrola numa espécie de releitura de Cinderela.

Os segredos de Colin Bridgerton

Colin Bridgerton e Penelope Featherington se reencontram após alguns anos e a chama da paixão reacende. Mas o romance que parecia ideal pode desmoronar quando o nobre descobre que a mulher guarda um grande segredo dele.

Continua depois da publicidade

Para sir Phillip, com amor

Chegou a vez de Eloise Bridgerton. A moça perde uma prima distante e resolve escrever para o viúvo para dar os pêsames. Só que ele se interessa nela e propõe um casamento. Quando eles se conhecem pessoalmente, no entanto, a química parece não rolar.

O conde enfeitiçado

O libertino Michael Stirling bem que tentou conquistar Francesca Bridgerton, só que ela estava prestes a se casar. Quatro anos depois, o caminho deles se cruza novamente e o ex-conquistador vai ter que convencê-la que o romance deles pode finalmente dar certo.

Um beijo inesquecível

Agora o foco é a mais nova das irmãs Bridgerton. Hyacinth conhece Gareth St. Clair em um recital, mas resiste no primeiro encontro. Até que ele descobre um diário da avó da família e acaba estreitando as relações com a garota a partir das confidências em italiano que ele traduz.

A caminho do altar

Gregory Bridgerton, o último dos oito irmãos, recebe a ajuda de Lucinda Abernathy para conquistar a mulher de sua vida. Mas, claro, ela acaba se apaixonando pelo rapaz. Só falta ele perceber as reais intenções da falsa cupida.

E viveram felizes para sempre

O último livro da série traz oito epílogos extras respondendo os principais questionamentos que a autora recebeu depois de publicar as histórias de amor de todos os irmãos Bridgerton. É, basicamente, um fan service muito saboroso.

Continua depois da publicidade

No Brasil, os livros são publicados pela editora Arqueiro e custam, em média, R$ 29,90 cada.