PUBLICIDADE
Topo

BLACKPINK vai editar cenas de clipe após acusação de sexualizar enfermeiras

Cena do clipe 'Lovesick Girls', do BLACKPINK, que será reeditada
Cena do clipe 'Lovesick Girls', do BLACKPINK, que será reeditada
Reprodução/YouTube

De Splash, em São Paulo

07/10/2020 11h48

A gravadora do BLACKPINK, a YG Entertainment, decidiu alterar o clipe de "Lovesick Girls" e retirar as cenas em que a integrante Jennie aparece vestida de enfermeira. A mudança vem após reclamações de representantes da profissão na Coreia do Sul, que se sentiram "sexualizadas" pela produção.

O clipe original de "Lovesick Girls" (que, por enquanto, segue no ar) é esse aqui:

Continua depois da publicidade

Enfermeiras já tiveram que sofrer com retratos que duvidam de sua profissão ou as sexualizam só por serem mulheres no passado. Essa situação só piora se a cultura pop continuar repetindo as mesmas imagens distorcidas da profissão." Sindicato das Enfermeiras da Coreia

Em resposta, a YG pediu desculpas pela cena e disse que "não tinha nenhuma intenção" de desvalorizar a atividade profissional das enfermeiras. A gravadora também garantiu que vai levar a polêmica como uma chance de "aprender e fazer melhor no futuro".

"Lovesick Girls" foi lançado na última sexta-feira, como apoio para o novo disco do BLACKPINK, intitulado "The Album". A produção já tem mais de 123 milhões de visualizações no YouTube, contagem que deve ser zerada com a postagem da nova versão.