Lucas Pasin

Lucas Pasin

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Reportagem

Musa da Mangueira, Karinah fala sobre mulheres no samba: 'Mundo patriarcal'

Karinah, uma das vozes potências do samba, desfila na noite de hoje como musa da Mangueira. A cantora é afilhada artística de Alcione, que será homenageada pela escola de samba, e com quem já dividiu o palco muitas vezes.

"Me vejo como um pilar importante para fortalecer cada vez mais as mulheres no samba. Sempre me inspirei no trio ABC para chegar até aqui (Alcione, Beth, Clara Nunes)! Quando o assunto é empoderamento, trabalho e lado social são elas as minhas musas. E, do meu lado, pretendo dar continuidade a esse legado de sucesso", diz ela em conversa exclusiva com a coluna.

Karinah reflete sobre como as mulheres são vistas no meio do samba, principalmente se tratando de escolas de samba: "É um mundo ainda muito patriarcal, mas já vejo avanços. Precisamos sempre nos posicionar em todos os setores da sociedade que as mulheres estão presentes. Isso tudo com inteligência e muita ousadia. É preciso também ter apreço e respeito por esse lugar que estamos conquistando nas escolas de samba".

Ela se emociona ao falar da importância de ser afilhada da "Marrom":

Alcione me ensinou a prezar sempre pelo cuidado e amor. Foi dessa maneira que a nação Mangueirense a abraçou. E, hoje, estou nessa missão do mesmo jeito que ela fez tão brilhantemente. É com a verdade que tudo dá certo.

A função de Karinah na Mangueira vai além do desfile na avenida. Ela também fez questão de contribuir com projetos sociais durante a pandemia.

"Além de representar um trecho do samba-enredo, ser musa, pra mim, é também divulgar esse lugar, essa responsabilidade social. É dar amor e distribuir alegria. É representar as nossas mulheres tão incríveis e mostrar que podemos ser múltiplas: musa, cantora, compositora, dona de casa e tudo o que desejarmos. É uma escola que valoriza nós mulheres e temos mulheres incríveis como dirigentes da escola", afirma.

Karinah desfilará com uma fantasia assinada por Marcell Maia, e adianta que será repleta de cristais.

É a cara de 'Rio Antigo', canção da Alcione que irei representar no carro alegórico que leva o mesmo nome. A faixa foi composta por Chico Anysio e traz luxo, sensualidade e o nome da Alcione. Tem um efeito especial que vou deixar para vocês conferirem na avenida.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes