PUBLICIDADE
Topo

Lucas Pasin

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Jayme Monjardim: 'A TV aberta não sobreviverá se não fizer superproduções'

Jayme Monjardim, diretor da TV Globo, fala sobre "Pantanal" e superproduções - Reprodução/Instagram
Jayme Monjardim, diretor da TV Globo, fala sobre 'Pantanal' e superproduções Imagem: Reprodução/Instagram

Lucas Pasin*

Colunista do UOL, em São Luis

29/06/2022 04h00

Jayme Monjardim, diretor de novelas e séries na Rede Globo há 39 anos, acredita que os canais abertos precisam se adaptar urgentemente para sobreviver à era do streaming.

Em conversa com esta coluna de Splash, durante o evento "São João da Thay", que acontece em São Luís, Maranhão, o diretor — que teve seu primeiro trabalho nas plataformas digitais no final do ano passado, com a minissérie "Passaporte para Liberdade", uma parceria internacional da Globo e Sony Pictures. — destaca o que ele acredita que determinará que a TV aberta não sofra mais tanto com a queda de audiência:

Quando outras pessoas fazem coisas incríveis, como plataformas de streaming estão fazendo, você é estimulado a melhorar e quer ver o melhor. A concorrência é sempre saudável e cabe aos canais trabalharem isso, melhorarem também. E uma coisa é certa, a TV aberta não sobreviverá se não fizer superproduções.

Por falar em trabalhos grandiosos na dramaturgia que estão conquistando o público, Jayme Monjardim, que foi diretor da versão original de "Pantanal" em 1990, comenta sobre o sucesso do remake:

Tenho muito orgulho dessa volta de 'Pantanal'. O Benedito [Ruy Barbosa, autor da trama original] prende as pessoas com sua história. Acompanho esse sucesso com felicidade. Sou muito amigo do Papinha [Rogério Gomes], que começou dirigindo a novela, e também do Gustavo [Fernandez, diretor]. Nós temos uma relação de troca. Hoje em dia, ninguém faz nada sozinho.

Ao falar de "Pantanal", o diretor aproveita e conta uma curiosidade:

Eu escolhi a Juma da versão original da novela. O Waltinho [Walter Salles, cineasta] me mandou o material da Crica [Cristiana Oliveira]. Era um comercial dela fazendo tricô. Assisti e já sabia que ela seria a Juma na hora.

Novos trabalhos no Maranhão

Jayme Monjardim e a namorada estavam entre os convidados de Thaynara OG - Thiago Duran e Amauri Nehn/BrazilNews  - Thiago Duran e Amauri Nehn/BrazilNews
Jayme Monjardim e a namorada estavam entre os convidados de Thaynara OG
Imagem: Thiago Duran e Amauri Nehn/BrazilNews

Ao curtir os dias de festa de São João no Maranhão — promovido pela influenciadora Thaynara OG — Jayme Monjardim conta que vem realizando trabalhos na região. Ele comprou uma fazenda no Estado:

Estou apaixonado pelo Maranhão, tanto que já comprei uma fazenda por aqui e estou realizando trabalhos na baixada maranhense. Ainda não pretendo me mudar para cá, mas estarei muitas vezes na região para trabalhos.

O diretor também realizará projetos para cinema e televisão no "pantanal do Maranhão":

O Maranhão tem uma cultura muito rica e que merece ser mostrada para todo o Brasil. Sobre o projeto de TV, ainda não posso dar detalhes, mas para o cinema já posso falar. Farei uma versão de Maria Bonita e Lampião pela visão da Maria Bonita. Uma visão feminina. Parte será feita aqui e outra parte na Paraíba. Estou bastante focado em mostrar essa região.

*O colunista viajou a convite da organização