PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

2021 vai ser o ano dos gêmeos nas novelas da Globo

Cauã Reymond interpretará gêmeos separados no nascimento em "Um Lugar ao Sol" - Reprodução / Internet
Cauã Reymond interpretará gêmeos separados no nascimento em "Um Lugar ao Sol" Imagem: Reprodução / Internet
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

16/11/2020 11h29

Resumo da notícia

  • Emissora terá atores interpretando dois personagens na mesma novela nas novelas das seis, sete e nove
  • Larissa Manoela, Taís Araújo e Cauã Reymond terão de fazer jornadas duplas em seus próximos trabalhos
  • "Além da Ilusão", "Cara e Coragem" e "Um Lugar ao Sol" terão figuras idênticas em suas tramas

Sem querer, alguns temas parecem entrar na moda para todos os autores de novela ao mesmo. No ano que vem, pelo menos três novelas da Globo investirão em gêmeos - ou sósias, dependendo da trama.

Em "Um Lugar ao Sol", novela das nove escrita por Licia Manzo, Cauã Reymond interpretará dois gêmeos separados no nascimento, um pobre e um rico. Após um deles morrer, o outro assumirá seu lugar.

Já em "Além da Ilusão", folhetim das sete de Alessandra Poggi, Larissa Manoela fará duas personagens. Na primeira fase, ela será morta para tentar proteger o amado, vivido por Rafael Vitti. Dez anos depois, quando ele deixa a prisão acusado injustamente pelo assassinato da mocinha, se depara com alguém idêntica a ela: sua irmã mais nova.

Além do horário das nove e das seis, a faixa das novelas das sete também investirá no tema. Em "Cara e Coragem", de Claudia Souto, que tem estreia prevista para o segundo semestre, Taís Araújo interpretará duas "sósias" - ou gêmeas separadas no nascimento. Uma delas será uma milionária, irmã do vilão da história, papel de Ícaro Silva. A outra, uma humilde massagista. Uma não saberá da existência da outra até o grande encontro.

Pelo visto vai ter muita gente trabalhando em jornada dupla no ano que vem na Globo.