PUBLICIDADE
Topo

Bordado típico ucraniano é exaltado como talismã na guerra contra a Rússia

O tradicional ponto ucraniano é celebrado na terceira quinta-feira do mês de maio no "Vyshyvanka Day", ou Dia do Bordado, como parte da cultura e identidade nacional - Sergii ZyskÐ?/Getty Images
O tradicional ponto ucraniano é celebrado na terceira quinta-feira do mês de maio no "Vyshyvanka Day", ou Dia do Bordado, como parte da cultura e identidade nacional Imagem: Sergii ZyskÐ?/Getty Images

De Nossa

19/05/2022 12h04

Se não fosse pela invasão russa, esta quinta (19) seria de festa na Ucrânia: a data marca a tradicional celebração anual do Dia do Vyshyvanka, como é chamado o ponto de bordado que é característico da cultura local e parte da identidade nacional.

Devido à guerra, a ocasião se transformou em símbolo de resistência aos ataques da Rússia, com o exército, políticos do país e do mundo vestindo peças com o bordado.

No vídeo compartilhado pelas forças armadas ucranianas nesta quinta, a mensagem diz que o Vyshyvanka vive por baixo dos uniformes não só de militares, mas de médicos, bombeiros, voluntários, cozinheiros e de uma jaqueta verde de lã — a peça mais conhecida do presidente Volodymyr Zelensky — "como um fio que une toda a Ucrânia com amor".

O próprio presidente também compartilhou mensagens de apoio aos ucranianos na data e fez questão de trocar seus "uniformes paramilitares" por um Vyshyvanka no dia de hoje.

Lesia Vasylenko, parlamentar ucraniana, divulgou que um bordado especial foi preparado para ser incorporado hoje ao uniforme dos soldados para "proteger os protetores da Ucrânia".

Nas ruas da capital Kiev, que foi recuperada pelo exército ucraniano, comemorações tímidas puderam ser vistas. Na estação central de trem da cidade, houve celebração musical por uma banda vestida a caráter.

Em apoio, o governo da vizinha Lituânia convidou ainda em abril os seus cidadãos a se unirem à Ucrânia como forma de solidariedade em tempos de guerra vestindo o seu traje típico. O presidente e a primeira-dama ainda adotaram o visual nesta quinta.

Sviatlana Tsikhanouskaya, líder da oposição bielorussa — país que oficialmente apoia a Rússia —, também relembrou a importância da data para a Ucrânia e clamou que ambos os países "mantivessem suas culturas vibrantes".

Inna Sovsun, outra parlamentar ucraniana, marcou o dia com um protesto contra o que considerou a aniquilação da identidade de seu país. Ela relembrou imagens de Mariupol — hoje destruída e sob domínio russo — em seu último Dia do Vyshyvanka em 2019, antes da pandemia e da invasão.

Qual é o significado e a importância do Vyshyvanka?

O ato é significativo: no folclore e na história ucraniana, o Vyshyvanka é considerado um talismã, um objeto de proteção e boa sorte que é tão antigo que se tornou até ditado. Há uma expressão em ucraniano que diz que os cidadãos da terra nascem vestindo este bordado e que ele representa sua habilidade de sobreviver, segundo relatos da mídia local.

Apesar de existir há séculos, sua celebração em um dia específico começou em 2006, depois que Lesia Voroniuk, uma estudante da Universidade de Chernivtsi sugeriu aos colegas de classe que escolhessem um dia para todos usarem juntos suas peças.

O gesto das mãos de encontro junto ao Vyshyvanka é um símbolo de união nacional que é visto nas ruas também na celebração da Independência da Ucrânia, em agosto - Anna Koberska/Getty Images/iStockphoto - Anna Koberska/Getty Images/iStockphoto
O gesto das mãos de encontro junto ao Vyshyvanka é um símbolo de união nacional que é visto nas ruas também na celebração da Independência da Ucrânia, em agosto
Imagem: Anna Koberska/Getty Images/iStockphoto

O movimento se espalhou: outros estudantes e professores também aderiram à comemoração de suas origens e a ideia ganhou corpo nos anos seguintes até se tornar nacional e internacional, com emigrantes ucranianos vestindo seus bordados em outros países. Todos os anos, ele acontece na terceira quinta-feira de maio.

Em 2011, no quinto aniversário do Dia do Vyshyvanka, a festa entrou para o Guinness World Records (o livro dos recordes) por reunir o maior número de pessoas vestidas com camisas bordadas em um só lugar, quando mais de 4 mil pessoas ocuparam a praça central de Chernivtsi com suas peças, de acordo com informações do jornal local Molbuk.

O traje tradicional completo com Vyshyvanka  - Sergii ZyskÐ?/Getty Images - Sergii ZyskÐ?/Getty Images
O traje tradicional completo com Vyshyvanka
Imagem: Sergii ZyskÐ?/Getty Images

Em 2015, no ano seguinte à invasão russa na região ucraniana da Crimeia, o governo da Ucrânia lançou uma campanha incentivando a doação de camisas bordadas aos soldados que lutavam na região, como forma de ânimo na batalha. Cerca de 50 países colaboraram com a ideia.