PUBLICIDADE
Topo

Morador de apê de 47 m² economiza e se orgulha ao criar os próprios móveis

Corredor do apartamento entre a sala de estar e a sala de jantar: cantos desenvolvidos por Fabiano Delmondes para seu apê - Arquivo Pessoal
Corredor do apartamento entre a sala de estar e a sala de jantar: cantos desenvolvidos por Fabiano Delmondes para seu apê Imagem: Arquivo Pessoal

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

07/10/2021 04h00

O supervisor de vendas Fabiano Delmondes não espera ter dinheiro pra viver na casa dos sonhos: ele vai lá e faz, com o orçamento que tiver. Não há milagre. Ele também recebe os boletos, mas planeja tudo com antecedência. Desde 2013, ele buscava um apartamento.

Comprou este, de 47 m² em Mogi das Cruzes, interior de São Paulo, um ano depois — onde hoje mora com o namorado, João Vitor. E quando pegou as chaves, em 2017, já tinha praticamente todas as ideias em mente e os equipamentos de embutir comprados.

Ao registrar todo o percurso no Instagram @apartamentodehomem, atraiu mais de 40 mil seguidores mostrando que todo mundo pode não é preciso gastar muito para melhorar nossa casa.

As aventuras não são apenas decorativas. Fabiano começou a transformação instalando porcelanato sobre o piso básico que foi entregue pela construtora, na cozinha e no banheiro. "Eu mesmo pintei as paredes todas. E quando estava fazendo a cozinha me deparei com preços de bancada de pedra altíssimos. Quis uma bancada de madeira e comecei a procurar fornecedores. Eles diziam 'não' a todo momento", conta.

Cozinha antes da reforma - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Cozinha antes da reforma
Imagem: Arquivo Pessoal
Cozinha após a reforma - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Cozinha após a reforma
Imagem: Arquivo Pessoal

Pesquisando, ele viu que o problema era cultural. "No Brasil as pessoas não acreditam que uma bancada de cozinha funcione nesse material, mas dá certo, sim. Consegui achar um fornecedor de painel de eucalipto. Ele entregou, passei três demãos de verniz marítimo e instalei cuba, cooktop, tudo. Foi um sucesso, as pessoas valorizaram muito esse trabalho nas redes", ri.

Aos poucos, Fabiano passou a testar mais coisas que poderia executar sem contratar um profissional. "Sou muito ansioso e não consigo esperar ter dinheiro para fazer as coisas em casa. Sem contar que dá um orgulho enorme usar as coisas que você mesmo fez. A experiência é muito boa."

Hoje vejo um móvel que gosto e penso: será que consigo? Se achar que sim, eu mesmo faço. Se eu fosse comprar pronto tudo o que fiz com minhas próprias mãos, não teria conseguido."

Fabiano Delmondes e o namorado, João Vitor - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Fabiano Delmondes (à dir.) e o namorado, João Vitor
Imagem: Arquivo Pessoal

Veja a sala de jantar com canto alemão, ou a cabeceira do quarto, obras dele. A sapateira fina, da entrada da casa, foi feita apenas olhando o móvel em uma loja online europeia. A execução é complexa, sim. Mas Fabiano e João Vitor acreditam que esses desafios unem o casal. "Dá alegria e orgulho fazer algo pela casa. É muito gratificante. Minha meta agora é fazer um sofá", diz ele. Quem duvida?

Sala de jantar com canto alemão - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Sala de jantar com canto alemão
Imagem: Arquivo Pessoal
Quarto com a cabeceira de madeira - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Quarto com a cabeceira de madeira
Imagem: Arquivo Pessoal

Dicas do Fabiano para decorar um apê compacto

Rede posicionada na sala de estar e plantas criam atmosfera confortável na decoração do apê de Fabiano - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Rede posicionada na sala de estar e plantas criam atmosfera confortável na decoração do apê de Fabiano
Imagem: Arquivo Pessoal
Hall de entrada dá acesso para a sala de jantar do apartamento, em que a parede de cimento queimado é uma das protagonistas - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Hall dá acesso para a sala de jantar do apartamento, em que a parede de cimento queimado é uma das protagonistas
Imagem: Arquivo Pessoal

  • Planeje. "Antecipe-se ao que você precisa, não deixe pra depois certas coisas. Lava-louças por exemplo, é vida. Tente encaixar na infraestrutura da parte de obras, pois é um item importante."
  • Tutoriais, mil. "Assista muitos vídeos, mas principalmente os relacionados a experiências que deram errado: são uma chance de aprender com os erros dos outros antes de fazer sua casa. Quer um exemplo? O armário com portas de vidro sem puxador são um grande erro, sempre vai ficar com marcas de dedos. Esses erros bobinhos fazem muita diferença no dia a dia depois."
  • Vida na casa. "Plantas e bichos trazem muita vida e alegria para uma casa. Pesquise as espécies que se dão bem na sombra, não precisam de muita rega." Em relação aos pets, faça ajustes no decor para que eles se deem bem e vivam em paz.
  • Aproveite os espaços. "Quem quer morar em apartamento compacto deve ficar de olho nos truques de marcenaria, considerando coisas como guardar vassouras e rodo em gavetão abaixo dos armários da cozinha por exemplo."
  • Faça você mesmo, mas uma ousadia por vez. "A cada pequena coisa que fazemos para a casa economizamos. Assim, fui ganhando confiança para testar coisas maiores. O canto alemão por exemplo, fiz depois de assistir a um tutorial e depois de acreditar que eu conseguiria, pois já tinha feito outras coisas antes. A prática cria essa confiança."

@s que me inspiram

@apartamento.33

“A Débora antecipa tendências, é muito antenada e é pioneira como criadora de conteúdo no Instagram. Ela me inspira pelo lifestyle e também como pessoa e empreendedora, nas visões de mundo que traz.”

@casacobre

“Quando fiz meu perfil, quis usar minha visão de décor. Poucos eram os perfis masculinos nesse universo. O da Casa Cobre é um deles: me identifico porque é feito por um casal e eles têm uma casa em tamanho parecido com a minha.”