PUBLICIDADE
Topo

Pintura, plantas e luz: um guia para driblar calor em casa com a decoração

Studio Canto Arquitetura - Cris Farhat
Studio Canto Arquitetura
Imagem: Cris Farhat

Gustavo Frank

De Nossa

26/09/2020 04h00

Entre dias frios e mais quentes, tudo o que a gente procura dentro de casa é conforto. Com o verão se aproximando e ondas de calorão já dando as caras, muita gente precisa recorrer ao bom e velho ventilador ou ao ar-condicionado. Porém, não são só esses equipamentos que podem ajudar a ter um cantinho mais arejado. Nesse caso, a decoração pode ser a sua aliada.

A arquiteta Claudia Lopes,sócia do Studio Canto Arquitetura, compartilhou com Nossa algumas dicas e truques para que você possa fazer algumas mudanças práticas no dia a dia para enfrentar o calor.

Ventilação natural

É importante manter uma corrente de ar por meio das janelas do apartamento - Reprodução/Pinterest - Reprodução/Pinterest
É importante manter uma corrente de ar por meio das janelas do apartamento ou casa
Imagem: Reprodução/Pinterest

Um dos primeiros passos é certificar-se da corrente de ar que se forma dentro da sua casa pelas janelas. É importante criar um caminho para que a ventilação aconteça, ou seja, deixar as janelas que conectam os cômodos sempre abertas e, ainda mais importante, sem objetos que barrem essa dinâmica.

"É um elemento muito importante para manter qualquer espaço arejado", conta a arquiteta. "Se ela for 'cruzada' é ainda melhor fazendo o ar circular com mais intensidade dentro dos espaços".

Cortinas e venezianas

Controlar a luminosidade dentro de casa é um dos truques - Reprodução/Pinterest - Reprodução/Pinterest
Controlar a luminosidade dentro de casa é um dos truques para mantê-la fresca
Imagem: Reprodução/Pinterest

Uma das principais coisas que moldam o nosso dia dentro de casa é o horário que a luz do sol bate, certo? Então, além de adaptar seu dia à luminosidade, controlar o calor que vem dela é tão importante quanto para criar ambientes mais arejados.

"A incidência do sol é outro elemento muito importante para manter os ambientes arejados", cita. "O ideal é que sua incidência seja apenas no período da manhã, do contrário, é importante deixar as janelas abertas permitindo a entrada de ar e bloquear parcialmente a entrada de sol no entardecer com cortinas e persianas".

Plantas

Plantas ajudam na "respiração" dos ambientes - Reprodução/Pinterest - Reprodução/Pinterest
Plantas ajudam na "respiração" dos ambientes
Imagem: Reprodução/Pinterest

Nem só para a decoração servem as suas jiboias e samambaias dentro de casa. Isso porque elas também exercem uma função para deixar o ar mais fresco.

"As plantinhas são fundamentais, pois purificam o ar, deixam o ar mais úmido tornando o ambiente mais térmico, confortável e arejado — use e abuse das plantinhas espalhadas pela casa", aconselha.

Um pouco mais de verde dentro de casa nunca é demais.

Piso e revestimento

A escolha de materiais traz diferenciações para conter ou não o calor - Reprodução/Pinterest - Reprodução/Pinterest
A escolha de materiais traz diferenciações para conter ou não o calor
Imagem: Reprodução/Pinterest

Se você está no início de um projeto, ainda no desenvolvimento com o arquiteto, e já tem a preocupação de uma casa fresca, um ponto importante a ser abordado são os pisos e revestimentos.

"A escolha desses para cada ambiente tem um papel importantíssimo já que os porcelanatos e cerâmicas deixam os ambientes mais frescos", diz a arquiteta.

Pintura

Fuja das cores mais escuras e pesadas e opte pelos tons mais claros - Reprodução/Pinterest - Reprodução/Pinterest
Fuja das cores mais escuras e pesadas e opte pelos tons mais claros
Imagem: Reprodução/Pinterest

Sendo o seu efeito psicológico ou não, as cores ajudam a criar esse ambiente mais fresco. Se você mora em um lugar em que habitualmente já faz calor, não escolha tons mais quentes, como o vermelho, ou mais pesados.

Aproveitar a tendência das colorações pastel e até mesmo do branco pode ser uma vantagem, sendo essa última uma opção para extravasar na hora de decoração.

"As cores trazem muitas sensações e para ter esse ar mais fresco e arejado optar por cores mais suaves", conta a arquiteta, citando ainda os materiais dos móveis que compõem o decor, como o sofá. "A escolha dos tecidos também fazem diferença, opte por tecidos finos, leves e naturais, como o algodão e linho etc".

Ajuda da tecnologia

Umidificador é um bom substituto para o ar-condicionado - Reprodução - Reprodução
Umidificador é um bom substituto para o ar-condicionado
Imagem: Reprodução

Por fim, mas não menos importante, você pode pedir uma ajudinha para o que as máquinas têm a oferecer para o conforto — e não necessariamente as escolhas mais clássicas.

"O uso do difusor e umidificador elétrico é um grande aliado", conclui. "Já que tem a função de umidificar e aromatizar os ambientes com essências, escolha as cítricas que trazem mais frescor ao espaço".