PUBLICIDADE
Topo

Milão ganha primeira estátua dedicada a uma mulher na história da cidade

A obra foi comparada pelos milaneses às famosas bailarinas de Degas - Reprodução @cristinabelgiojoso.it
A obra foi comparada pelos milaneses às famosas bailarinas de Degas Imagem: Reprodução @cristinabelgiojoso.it

da ANSA, em Milão

19/09/2021 17h23

A cidade de Milão inaugurou nesta semana a primeira estátua em sua história dedicada a uma mulher.

A obra representa Cristina Trivulzio di Belgiojoso (1808-1871), escritora e integrante da nobreza que teve papel ativo na Unificação Italiana.

A estátua está localizada na praça Belgioioso e foi inaugurada pelo prefeito de Milão, Giuseppe Sala.

É incrível que até hoje não houvesse nenhuma estátua em Milão dedicada a uma mulher. A próxima obra será dedicada a Margherita Hack", disse Sala.

O monumento foi inaugurado no mesmo ano em que a morte de Cristina Trivulzio di Belgiojoso, heroína milanesa da Unificação Italiana, completa 150 anos.

A escultura da escritora Cristina Trivulzio di Belgiojoso (1808-1871) - Divulgação/Prefeitura de Milão - Divulgação/Prefeitura de Milão
A escultura da escritora Cristina Trivulzio di Belgiojoso (1808-1871)
Imagem: Divulgação/Prefeitura de Milão

O projeto foi promovido pela Fundação Brivio Sforza, que recolheu a documentação iconográfica que foi interpretada pelo escultor Giuseppe Bergomi.