PUBLICIDADE
Topo

Itália divulga novas regras para viajantes do Brasil

Turistas visitam Pantheon, em Roma, durante pandemia - Kathrin Ziegler/Getty Images
Turistas visitam Pantheon, em Roma, durante pandemia Imagem: Kathrin Ziegler/Getty Images

19/04/2021 14h54

O Ministério da Saúde da Itália abriu mais uma exceção para brasileiros ou para estrangeiros que estão em território nacional para entrarem no país em meio à pandemia de covid-19.

Até o dia 30 de abril, será permitida a entrada de quem vai ao país para se reunir com cônjuges ou companheiros com união civil. Com isso, a nova liberação soma-se às autorizações anteriores: a entrada de quem tem residência em território italiano antes de 13 de fevereiro deste ano, de quem tem filhos menores de idade ou viaja por motivo de urgência expressamente descrito.

As regras para a viagem continuam as mesmas: será necessário apresentar um teste negativo para o coronavírus Sars-CoV-2 antes do embarque e que tenha sido feito, no máximo, em 48 horas; realizar um novo exame para detectar o vírus no aeroporto, onde for possível, ou em até 48 horas da chegada; e também o isolamento domiciliar por 10 dias com realização de novo teste de detecção da covid-19 ao fim do período.

A proibição para a entrada de brasileiros ou de pessoas em trânsito pelo Brasil foi decretada em 16 de janeiro e prorrogada por diversas vezes. A decisão foi justificada pelo descontrole de casos no país e também pelo surgimento de variantes mais contagiosas, como a P.1.

Segundo o último boletim do Ministério da Saúde, ela representava 4% dos contaminados em território italiano, mas estava acima de 30% em algumas regiões que concentram mais brasileiros.